Giro BR #32 debate chegada da F4 como chance de novo horizonte para jovens no Brasil

A edição 32 do Giro BR debate a chegada da F4 Brasil em 2022 e os efeitos que pode provocar no automobilismo local e no desenvolvimento de pilotos

AO VIVO: F4 TRAZ NOVA PERSPECTIVA PARA JOVENS NAS PISTAS DO BRASIL | GIRO BR #32

Em época de poucos brasileiros na pista, o Giro BR #32 vai além no debate nesta terça-feira (26) e discute a chegada da F4 Brasil a partir da temporada 2022. A atração começa pontualmente às 13h (de Brasília, GMT-3), AO VIVO, no canal GRANDE PRÊMIO 2 no YouTube.

Há tempos sem uma categoria de base de monopostos em nível nacional, o automobilismo brasileiro tem uma lacuna importante para os jovens que saem do kartismo e enfrentam dificuldades para dar o passo seguinte. Sem uma categoria de iniciação por aqui, os poucos que conseguem combustível financeiro vão acelerar na Europa ou nos Estados Unidos, enquanto a maioria tem o futuro comprometido ou então tentam a sorte no turismo, como na Stock Light ou demais competições com carros fechados.

LEIA TAMBÉM
+OPINIÃO GP: Verstappen golpeia forte Hamilton e dá passo importante rumo ao título
+ANÁLISE: A Mercedes prova do seu próprio veneno contra a Red Bull
+Resultado e a classificação da Fórmula 1 depois do GP dos Estados Unidos

Sucesso no mundo, a F4 tem previsão de chegar ao Brasil em 2022 (Foto: Prema Powerteam)

De acordo com a notícia anunciada no último fim de semana, durante a transmissão das atividades do GP dos EUA de F1, pelo jornalista da Band, Reginaldo Leme, a F4 Brasil vai seguir os padrões da FIA para a categoria que virou um sucesso no mundo e que tem certames particularmente fortes na Itália e na Alemanha.

O formato de competição será o mesmo das demais competições, sempre em sistema de rodadas triplas. A expectativa é que o grid da categoria brasileira, que fará parte do guarda-chuva de competições da Vicar, tenha 16 carros.

Como nas demais competições de F4 ao redor do planeta, no Brasil os primeiros colocados também vão ser premiados com a pontuação para a superlicença. O campeão, por exemplo, recebe 12 pontos — o vice leva 10, o terceiro leva 7, o quarto, 5; o quinto, 3; o sexto, 2; o sétimo, 1 ponto.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O Giro BR #32 debate o tema nesta tarde com apresentação de Fernando Silva, comentários de Pedro Luis Cuenca e JP Nascimento e produção de Pedro Prado. O programa ainda avalia a participação de Bruna Tomaselli na W Series. A categoria feminina encerrou sua temporada 2021 no último domingo e coroou Jamie Chadwick como bicampeã.

A atração entra no ar AO VIVO a partir de 13h (de Brasília, GMT-3) no canal GRANDE PRÊMIO 2 no YouTube. Clique e assista.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar