Tréluyer marca melhor tempo do warm-up que antecede 12 Horas de Sebring. Di Grassi é segundo

No último contato com a pista antes da largada, o Audi e-tron quattro #1, que está na pole-position para a prova deste sábado, foi o mais rápido de todos

A última chance para as equipes fazerem ajustes em seus carros já se foi. Na manhã deste sábado (16), um warm-up de 25 minutos abriu a programação do grande dia em Sebring. Com os termômetros ainda sem indicar dois dígitos na temperatura, o mais rápido da sessão foi o francês Benoît Tréluyer, com o Audi e-tron quattro #1. Seu tempo, porém, foi quase 2s5 mais lento do que o registrado por Marcel Fässler, ontem, e garantiu a pole-position ao trio.

 Senna treina no warm-up e está confirmado para a corrida

 Confira o grid de largada para as 12 Horas de Sebring

A segunda posição, como era de se esperar, ficou com o outro protótipo da Audi. Do trio Lucas Di Grassi/Tom Kristensen/Allan McNish, quem marcou a melhor volta foi Kristensen, 0s4 mais lento que Tréluyer. Esses são os dois protótipos que vão largar na primeira fila logo mais.

Tréluyer foi o mais rápido desta manhã em Sebring (Foto: Facebook/Audi)

Na categoria GT, Bruno Senna, Darren Turner e Stefan Mücke terminaram na segunda posição, atrás da Ferrari que conquistou a pole-position para a corrida, pilotada por Gianmaria Bruni, Olivier Beretta e Matteo Malucelli. O outro brasileiro que está em Sebring, Bruno Junqueira, da categoria PC, não entrou na pista nesta manhã.

A bandeira verde baixará às 11h45 (de Brasília) para as 12 horas de disputa em Sebring. O Grande Prêmio trará quatro parciais da corrida ao longo do dia: após a primeira, quarta, sétima e décima horas de disputa. A chegada será às 23h45.

O Grande Prêmio cobre ‘in loco’ as 12 Horas de Sebring, etapa da American Le Mans Series, com o repórter Renan do Couto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube