TT GP #23: Coragem de Biles e por que gostamos tanto de ver a história ser escrita?

TT GP #23 debateu a importância da saúde mental no esporte de alto nível e os ônus trazidos pela pressão e pela cobrança aos esportistas

Lucas Di Grassi passou pelos boxes durante o safety-car para ganhar posições (Vídeo: Fórmula E)

Na esteira da decisão da ginasta norte-americana Simone Biles de desistir de provas decisivas dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 para priorizar a saúde mental, o TT GP desta quarta-feira (28) debateu a respeito da pressão exercida sobre atletas de alto rendimento e os impactos trazidos pelas cobranças excessivas que envolvem o esporte de elite.

Além do exemplo de Biles, outros exemplos foram trazidos à baila, citando exemplos de como todo o ecossistema dos esportes de alto nível influenciam a vida dos atletas fora do esporte, afetando as vidas e a saúde mental deles, por conta da exposição a que são submetidos por conta de suas profissões.

Por conta disso, a mesa discutiu a respeito do fascínio causado pelo esporte na sociedade. Como ver seres humanos bater recordes, levando à capacidades humanas ao limite, acaba por prender a atenção das pessoas. E acaba criado também um culto ao alto desempenho, sem levar em conta os aspectos mentais e pessoais envolvidos no esporte.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
Bottas melhora, mas nem apoio de Hamilton é suficiente para permanência na Mercedes

Como de costume, Pedro Henrique Marum apresentou e contou com os comentários de Renato Ribeiro e Guilherme Bloisi durante a atração.

O TT GP vai ao ar todas as quartas-feiras no canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch. Assiste e comente a edição desta semana:

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar