18º, Montoya justifica mau desempenho em St. Pete: “Sabíamos que seria um aprendizado”

Em reestreia, colombiano da Penske ficou a 0s9 da melhor marca do dia, registrada por Takuma Sato, e explicou desempenho fraco: "Esta é a minha primeira vez neste circuito"

 

Juan Pablo Montoya foi, de certa forma, o grande destaque negativo desta sexta-feira (28) em São Petersburgo. Depois de impressionar nos testes de Barber, o colombiano não apresentou bom desempenho nos treinos livres para a etapa de abertura da temporada 2014 da Indy e fechou o dia com a discretíssima 18ª colocação.

 
Apesar do mau rendimento, contudo, o piloto da Penske #2 considerou o dia produtivo, por ter sido sua primeira vez guiando o DW12 nas onduladas ruas de St. Pete.
Juan Pablo Montoya decepcionou no primeiro dia do retorno à Indy (Foto: Getty Images)

“Não foi um dia ruim, hoje. Obviamente, nós queríamos ser um pouco mais rápidos, mas sabíamos que seria um processo de aprendizagem”, explicou Montoya, agora magro.

 
“Esta é minha primeira vez neste circuito, então tivemos de trabalhar mais no acerto. Infelizmente, ficamos muito distantes”, admitiu o representante da Penske.
 
“Aprendi que há lugares na pista onde se perde muito mais do que se ganha, por isso, partindo desta perspectiva de aprendizagem, estou muito melhor do que quando cheguei aqui”, encerrou Montoya, cujo último GP na Indy foi no ano 2000.
 
O terceiro treino livre ocorre neste sábado (29), às 11h (de Brasília).
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube