Palou lamenta “pior dia possível” com quebra, mas ameniza: “Estamos numa boa posição”

Álex Palou lamentou estouro de motor no GP de Indianápolis 2, mas minimizou queda da vantagem na classificação para 21 pontos

Palou abandona o GP de Indianápolis 2 (Vídeo: Indycar)

Líder da Indy, Álex Palou foi do céu ao inferno no GP de Indianápolis 2, realizado no último sábado (14), após abandonar a prova por conta de um estouro de motor. Apesar de ter mantido a ponta, o piloto da Ganassi deixou o Indianapolis Motor Speedway com uma vantagem de apenas 21 pontos, depois de ter chegado a abrir 52 tentos para o segundo colocado, Pato O’Ward.

Apesar da vantagem ter despencado, o espanhol tentou se manter positivo e optou por analisar o pós-corrida vendo o “copo meio cheio” ao celebrar a evolução da Ganassi e garantir que ainda possui uma boa vantagem para O’Ward.

“Tivemos o pior dia possível, mas ainda temos 21 pontos de vantagem para o resto. Estamos numa boa posição. Precisamos repetir o que temos feito até aqui. Estamos na disputa novamente, tivemos bons pit-stops, e a equipe está forte. Vamos continuar lutando por vitórias”, disse Palou em entrevista veiculada pela revista britânica Autosport.

Do outro lado da disputa, O’Ward não escondeu que o sábado foi um dia de sorte para ele e a McLaren. Mesmo tendo finalizado a prova em quinto, após anotar a pole-position, o mexicano não negou que o abandono do principal rival na disputa pelo título transformou o sábado em um grande dia.

“Tivemos muita sorte hoje, de verdade. É claro que terminamos abaixo de onde começamos, mas foi muito bom. Uma pena para Álex [Palou] com o estouro do motor”, comentou Pato.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Pato O’Ward está 21 pontos atrás de Álex Palou na briga pelo título da Indy (Foto: IndyCar)

De olho na briga pelo título, O’Ward celebrou a queda da vantagem de Palou e projetou uma boa corrida em Gateway, na próxima semana. “Sinceramente, isso nos deu um salto na classificação do campeonato. Agora, estamos 21 pontos atrás, na segunda posição, no que acho que é o começo do momento que esperávamos. Imagino que Gateway, na próxima semana, será ótimo para nós”.

Por fim, o piloto da McLaren ainda ressaltou que o carro não apresentou ritmo suficiente para brigar pelo pódio e destacou, com um discurso incomum, que precisou se esforçar para chegar no top-5. “Hoje, não tivemos isso. Fico feliz que não terminamos no pódio, pois não merecíamos isso. Não tínhamos ritmo. Todos à nossa frente eram melhores. Cara, é complicado se matar para conquistar um quinto lugar, especialmente quando você larga na pole”, concluiu O’Ward.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar