Alonso põe Indy 500 como prioridade para 2020: “É a que tenho de vencer”

Participante da festa de premiação da FIA, Fernando Alonso ainda não deu pistas de qual equipe vai escolher para participar da Indy 500 em 2020, mas revelou que a corrida no Brickyard é sua prioridade para o próximo ano

Fernando Alonso foi um dos personagens da festa de premiação da FIA, realizada na última sexta-feira (6), em Paris, para receber o título de campeão do WEC ao lado de Sébastien Buemi e Kazuki Nakajima.
 
Na preparação para correr o Dakar no início de 2020, Alonso voltou a falar sobre a possibilidade de correr a Indy 500 novamente. Em 2019, o espanhol bicampeão mundial de Fórmula 1 foi eliminado no Bump Day, e sequer alinhou no grid.
 
"Obviamente o foco maior e prioridade é Dakar, então não coloco muito esforço em fechar tudo na Indy 500, mas a intenção é correr em 2020. É a que tenho de vencer e a principal prioridade para mim, então vou preparar do melhor jeito que posso para vencer a corrida", disse o espanhol ao site ‘Racefans.net’.
Fernando Alonso visitou os boxes da McLaren em Abu Dhabi (Foto: McLaren)
Alonso ainda analisa a melhor possibilidade para a disputa no Brickyard. Após correr pela Andretti em 2017 e pela McLaren em 2019, o espanhol está em dúvida entre as duas equipes para a prova de 2020, e não deu pistas de qual deve escolher.
 
"Eu vou analisar as melhores possibilidades de ser competitivo. Foi triste não ser competitivo o suficiente e preparado o suficiente. Fizemos o que podíamos. A preparação foi atrasada, mas sempre tenho a confiança que eventualmente vou ser competitivo, mas naquela semana, encaramos muitos problemas, e tive o acidente na quarta-feira, então demos um passo atrás. Espero que o próximo ano seja melhor", completou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube