Após dar vaga a Alonso, Stefan Wilson é confirmado em quinto carro da Andretti para Indy 500 em 2018

A Andretti anunciou a presença de Stefan Wilson no line-up de pilotos para a disputa das 500 Milhas de Indianápolis do ano que vem. O britânico abriu mão de correr em Indy neste ano para dar lugar a Fernando Alonso, que tornou Indianápolis o centro das atenções do esporte a motor em maio. Irmão de Justin Wilson, morto em 2015, Stefan vai usar o #25 e também vai encampar uma campanha de incentivo à doação de órgãos, tecidos e córneas

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de ter concordado em ceder seu carro para que Fernando Alonso tivesse a chance de estrear nas 500 Milhas de Indianápolis neste ano, Stefan Wilson finalmente vai ter sua chance de correr pela Andretti no ano que vem. Aos 28 anos, o irmão mais novo de Justin Wilson, morto em 2015 após um acidente sofrido em Pocono, foi confirmado pela equipe chefiada por Michael Andretti na manhã desta quarta-feira (4) para a disputa da icônica prova, marcada para 27 de maio de 2018, fechando o rol de cinco pilotos escalados para a 102ª edição da corrida.

 
Vai ser a segunda vez que Wilson terá a chance de correr nas 500 Milhas de Indianápolis. Em 2016, Stefan correu pela hoje extinta KV. No ano que vem, o britânico vai poder acelerar pela equipe que é a atual vencedora da prova, com Takuma Sato, de partida para a RLL na próxima temporada.
Stefan Wilson vai guiar o quinto carro da Andretti na Indy 500 de 2018 (Foto: IndyCar)
“Estamos muito felizes por trazer de volta Stefan à Andretti e orgulhosos por vê-lo correndo com o #25. Mesmo enquanto não esteve na pista, Stefan foi uma grande peça do nosso esforço na Indy 500 em 2017, e nós estamos ansiosos para trazê-lo de volta ao carro no Indianápolis Motor Speedway”, afirmou Michael Andretti.
 
Stefan comemorou seu retorno à mais clássica prova do automobilismo mundial. “Estou muito empolgado por me unir oficialmente à Andretti para a 102ª Indy 500. Foi uma volta de montanha-russa para estar aqui, mas, olhando para trás, estou muito satisfeito e me sinto muito sortudo por estar onde estou agora. Segui pensando no futuro, sabendo que eu me uniria a uma das mais bem-sucedidas equipes da Indy”.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Durante sua jornada em Indianápolis, Wilson vai atuar como parceiro da Indiana Donor Network e vai alavancar a campanha chamada Driven2SaveLives, criada para promover e incentivar a doação e transplante de órgãos, tecidos e córneas. A campanha ganhou ainda mais importância no meio da Indy depois da morte trágica de Justin Wilson, que salvou várias vidas por meio da doação dos seus órgãos.

 
“Estamos trabalhando para conquistar mais doadores. A doação de órgãos e os transplantes são uma causa da qual estou conectado por meio da perda de Justin, que salvou cinco vidas. Vamos trabalhar com a Driven2SaveLives para promover esperança aos pacientes na lista de espera nacional e honrar os heróis doadores”, completou.
HÁ ESPERANÇA?

MESMO COM RESULTADO RUIM, VETTEL GANHA FORÇA NA MALÁSIA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube