Após teste, Grosjean diz que “quem pensa que pilotar em oval é fácil está equivocado”

Em fase de preparação para estar em ovais na Indy, Romain Grosjean destacou as dificuldades sofridas em Gateway e ainda deixou um recado para quem desmerece os circuitos curtos

Romain Grosjean segue em preparação para sua primeira etapa em um circuito oval na Indy. A estreia será em Gateway, após perder as provas no Texas e Indianápolis. Por isso, o veterano francês fez testes para chegar pronto no novo desafio.

Em Gateway, Grosjean completou 166 voltas, sem rodadas ou batidas, para terminar com a oitava melhor marca do teste. Após a sessão, analisou a primeira experiência em um circuito oval.

“Eu me mantive na pista, o que é bom. Obviamente eu tenho muito para aprender, pois é diferente de tudo que já fiz antes, com certeza. Todo mundo que pensa que é fácil pilotar em um oval está equivocado. É complicado e dá para fazer muita coisa no carro”, afirmou o piloto da Dale Coyne ao site Autosport.

Romain Grosjean (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como ficou o top-10 da Indy após o GP de Mid-Ohio?

“Eu era o primeiro a pensar que ‘nos ovais você só vira para a esquerda e não tira o pé nas curvas’. Obviamente Gateway não é com o pé embaixo, há muito para fazer. No fim do dia, sim, fiquei feliz. Estava só tentando pegar meu ritmo nos ovais”, completou.

A estreia de Grosjean em um circuito oval da Indy está prevista para o dia 21 de agosto, a terceira prova após as férias de verão da categoria. Até o momento, o francês de 35 anos possui 151 pontos conquistados e ocupa o 16º lugar no campeonato.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar