Castroneves ganha chance inesperada de provar que precisa estar no grid em 2021

Com Oliver Askew vetado, Helio Castroneves recebeu uma oportunidade de ouro e, por um time que não é a Penske, vai ter duas corridas cruciais de McLaren para a definição de seus caminhos na próxima temporada e, claro, para se fincar como ótima opção na Indy 2021

Helio Castroneves fez sua última temporada completa na Indy em 2017, mas aquilo nunca teve cara de adeus. Figura carimbada em Indianápolis em todos os anos seguintes, o brasileiro sempre deixou claro o desejo de voltar ao grid de forma integral e, no fim das contas, é para isso que vem batalhando de 2018 para cá. O GP de Indianápolis 2, assim, surge como peça fundamental para a definição do futuro da carreira de Helio.

A oportunidade no misto do traçado que conhece como poucos veio de uma forma bastante inusitada. É que Oliver Askew, novato da McLaren, sentiu efeitos da concussão sofrida no mês passado, em acidente forte na Indy 500. Assim, abriu uma das vagas mais cobiçadas do grid no momento, prontamente preenchida por Helio, que vai formar dupla com Pato O’Ward, sensação do campeonato.

Veterano de 45 anos, consagradíssimo na Indy e em Indianápolis, parece até absurdo dizer que Castroneves ainda tem de mostrar alguma coisa, mas o cenário é bem esse: são três anos sem fazer a temporada completa, então, toda performance que o paulista conseguir mostrar vai ajudar na luta por uma vaga no grid de 2021. E a McLaren e o misto do IMS são perfeitos para tal.

Castroneves vai correr pela McLaren pela primeira vez (Foto: AFP)

Mas não é só isso. É também uma oportunidade ímpar de Helio se provar fora da Penske, de mostrar que pode brilhar também longe da equipe que o consagrou. Na Indy, por exemplo, não disputa uma corrida por outro time desde 1999, pela Hogan, ainda nos tempos de CART. E esse jejum imenso finalmente vai cair.

E a participação de Castroneves na rodada dupla de Indianápolis pode desenhar uma série de cenários, todos positivos para o piloto pensando em 2021. O primeiro é na própria McLaren, que já deixou aberta a possibilidade de ter um terceiro carro e, mesmo que fique com dois, poderia abrir mão de Askew com contrato e tudo, já que o novato é uma grande decepção. O que hoje é a terceira ou quarta força do grid poderia ser uma ótima para Helio, mas também para o time, que busca evoluir e teria um nome experiente e consagrado em mãos.

Outra possibilidade é a de atrair olhares dos demais times, já que finalmente se descola da figura de Roger Penske, ainda que por um final de semana, mas mostra que é uma possibilidade real, que está no mercado. Por fim, mexe com a própria Penske, que sabe agora que vai ter de se mexer caso queira manter Helio em seu guarda-chuva por mais alguns anos.

Helio Castroneves vive ótima fase no SportsCar (Foto: Reprodução/Twitter)

O momento também joga a favor de Castroneves. Bem na Indy 500, em 11º com uma Penske e uma Chevrolet tendo desempenhos bem fracos, o veterano também emendou uma sequência excelente no SportsCar: são três vitórias seguidas em Elkhart Lake, Road Atlanta e Mid-Ohio, se colocando na luta pelo título ao lado de Ricky Taylor.

Impulsionado pela boa fase, a rodada dupla em Indianápolis chega na hora certa para o brasileiro confirmar o bom momento, a ótima temporada. Ainda que possa, sim, permanecer no SportsCar em 2021, mesmo que sua sequência na Penske não esteja descartada, Helio merece ter outras opções. O brasileiro jamais assinaria com qualquer outro time sem falar com Roger Penske antes, mas abrir o leque é fundamental, daí o peso das provas no IMS de McLaren.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube