Chefe da McLaren na Indy fala em “botão de reinício” após guerra interna com O’Ward

Depois de um começo irregular de temporada e negociações por renovação de contrato travadas com Pato O'Ward, o presidente da McLaren na Indy, Taylor Kiel, afirmou que todos na equipe mudaram de mentalidade para melhorar os resultados

FÓRMULA INDY AMA O’WARD, E ELE TEM DE AMÁ-LA TAMBÉM

A McLaren conquistou sua primeira vitória na temporada de 2022 da Indy com Pato O’Ward no último final de semana no Alabama. Depois de um começo conturbado, o mexicano admitiu que as negociações de renovação de contrato não estavam caminhando como esperava e que isso acabou afetando seu desempenho nas pistas.

Após o triunfo em Barber, Pato desabafou e afirmou que estava “cansado de ser 11º” e que tinha sido horrível “estar em guerra” com sua equipe. O jovem de 22 anos afirmou que virou a chave na classificação ainda em Long Beach, etapa em que terminou em quinto. O presidente da McLaren na Indy, Taylor Kiel, revelou que este também foi um ponto de mudança para toda a equipe, e elogiou a habilidade de O’Ward para vencer em qualquer tipo de circuito.

“Sempre sinto que podemos vencer. Essa é a beleza de ter Pato pilotando um de nossos carros, é que agora nós já vencemos em um circuito misto, em uma pista de rua e em um oval. No final das contas, acho que temos um piloto que pode competir e vencer em qualquer tipo de circuito. Nós montamos um bom carro. Se viermos preparados e começarmos com pé direito, somos difícil de bater”, ressaltou Kiel em entrevista ao site The Race.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Pato O’Ward está de volta ao caminho certo (Foto: Indycar)

“Acho que, como um grupo inteiro de pessoas, certamente o Pato e toda a nossa equipe, acho que meio que apertamos o botão de reiniciar. Como ele disse, Long Beach foi um catalisador para mostrarmos que podemos desempenhar em alto nível novamente após o ano passado. Eu quero dar a ele as ferramentas para ter sucesso, e o resto depende dele. Ele se aproveita disso”, explicou Taylor.

As duas partes agora tem um acordo encaminhado para a renovação de contrato de O’Ward, e a paz não poderia ter vindo em momento melhor. Entrando no mês de maio, Pato agora pode voltar a sonhar com uma conquista inédita tanto para o piloto quanto para a equipe: as 500 Milhas de Indianápolis.

“É a grande corrida, todo mundo quer ganhar essa. É o prêmio enorme que todo mundo quer ter em seu quarto, olhando para ele, pensando nele. Eu estou animado, nunca participei de uma Indy 500 com um monte de gente [público cheio]. No ano passado havia algumas pessoas, mas neste ano eu acho que vai ser o dobro, ou algo assim. Estou realmente animado para ver isso”, disse o mexicano.

LEIA MAIS: DragonSpeed firma parceria com Cusick e alinha Stefan Wilson na Indy 500 2022

Pato O’Ward durante os primeiros testes para a Indy 500 (Foto: Indycar)

“Não há nada parecido. É simplesmente maluco. Digo a todos que você precisa ir e experienciar pessoalmente para poder entender o que é esse evento. Obviamente, não consigo nem imaginar como seria vencê-lo”, concluiu o piloto da McLaren.

Com a vitória no Alabama, Pato agora ocupa a quinta colocação entre os pilotos com 114 pontos, 30 a menos do que o líder Álex Palou. A Indy retorna no dia 14 de maio, para o GP de Indianápolis 1, que será realizado no circuito misto do Brickyard.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar