Brooks passa Porto em relargada e vence corrida 2 da USF2000 em St. Pete

Kiko Porto liderava a corrida com tranquilidade, mas perdeu liderança em relargada. Christian Brooks completa 100% de aproveitamento em São Petersburgo e assume liderança do campeonato

Will Power roda na classificação em St. Pete (Vídeo: Indycar)

Christian Brooks saiu da rodada dupla da USF2000 em St. Pete com 100% de aproveitamento. O piloto da Exclusive Autosport venceu a corrida 2, realizada na tarde deste sábado (24) após deixar o brasileiro Kiko Porto para trás com uma ultrapassagem na relargada na curva 1. O resultado deixou Brooks na liderança do campeonato, com 96 pontos.

Pole-position, Porto liderou as primeiras 15 voltas da corrida e parecia caminhar para a vitória sem maiores problemas. Porém, o piloto brasileiro foi prejudicado pela entrada do pace-car por conta da batida entre Myles Rowe e Yuven Sundaramoorthy. Kiko acabou surpreendido na relargada, e mesmo com a pressão no fim, terminou no segundo lugar.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Como está top-10 da Indy após GP do Alabama?

Kiko Porto ficou perto da vitória, mas amargou segundo lugar (Foto: USF2000)

O terceiro e último posto no pódio ficou nas mãos de Michael d’Orlando, que bateu na corrida 1. O piloto superou Matt Round-Garrido nas voltas finais para subir ao pódio pela primeira vez na temporada. Josh Green terminou na quinta posição.

O top-10 foi completado por Spike Kohlbecker, Thomas Nepveu, Andre Castro, Prescott Campbell e Josh Pierson.

A próxima etapa da USF2000 será uma rodada tripla entre os dias 14 e 15 de maio, no misto de Indianápolis. Brooks lidera o campeonato com 96 pontos. Porto vem na segunda posição com 74.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar