Brooks vence acidentada corrida 1 da USF2000 em St. Pete. Porto fecha em 5º

Christian Brooks superou o caos para vencer a corrida 1 da USF2000 em São Petersburgo. Kiko Porto fechou no top-5 pela segunda corrida consecutiva em 2021

O onboard de Ryan Hunter-Reay (Vídeo: Divulgação/Andretti)

Christian Brooks confirmou o favoritismo e venceu a corrida 1 da USF2000 em St. Pete. O piloto da Exclusive Autosport largou da pole e liderou todas as voltas do acidentado evento nas ruas da Flórida. É a segunda vitória do americano em São Petersburgo, já que triunfou também na temporada 2020.

A prova teve a interrupção de uma bandeira vermelha logo na terceira volta por conta de uma batida que envolveu Nolan Siegel, Kent Vaccaro, Trey Burke, Evan Stamer, Erik Evans e Peter Vodanovich.

Pouco tempo após a relargada, foi a vez de Michael d’Orlando, que brigava por posições de pódio, capotar após contato com Josh Green. A prova ainda teve outras duas bandeiras amarelas causadas por Prescott Campbell, que entrou na rodada dupla como líder do campeonato, e Bijoy Garg. Esta última provocou o encerramento da corrida.


Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Como está top-10 da Indy após GP do Alabama?

Imagem
O acidente que interrompeu a USF2000 (Foto: Indycar)

Brooks foi acompanhado no pódio pelo companheiro de equipe Matt Round-Garrido e por Yuven Sundaramoorthy. O brasileiro Kiko Porto, da DEForce Racing, fechou a prova em quinto, atrás de Billy Frazer, ganhando uma posição em comparação com a largada. Spike Kohlbecker, Josh Pierson, Myles Rowe, Dylan Christie e Andre Castro fecharam o top-10.

A USF2000 fecha a rodada dupla de St. Pete com a corrida 2, marcada para acontecer às 18h20 (de Brasília). O brasileiro Kiko Porto será o pole-position.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar