Indy

GP às 10: Maratona é desnecessária e dar mesmo peso em pontos para Detroit e Indy 500 não faz sentido

No GP às 10 da noite desta quinta-feira, Gabriel Curty explica que a maratona de corridas da Indy não faz muito sentido por praticamente igualar em pontos a Indy 500 e a rodada dupla de Detroit e avaliou que, quem não tem boa performance nas corridas seguidas, fica de fora da luta pelo título

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
A Indy entra em um período de decisão no final de semana. Em um espaço de cinco semanas, serão cinco corridas com a Indy 500 no meio. Para Gabriel Curty, no GP às 10 desta quinta-feira (9), a categoria deveria usar outras datas para aproximar etapas e não deixar uma correria tão grande e com tantos pontos em jogo que podem definir um campeão e, principalmente, quem fica de fora da briga.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.


 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.