Herta vence Ferrucci em classificação caótica de Mid-Ohio 2. Dixon é 3º

A chuva jogou um tempero de caos na classificação da corrida 2 em Mid-Ohio. Melhor para Colton Herta, que cravou a pole na frente de Santino Ferrucci e Scott Dixon

Colton Herta ficou com a pole em uma totalmente caótica classificação da Indy em Mid-Ohio. Neste domingo (13), a chuva apareceu e bagunçou o grid. O americano dominou o segundo grupo, enquanto Santino Ferrucci amassou o primeiro, enfiando mais de 3s nos demais. Scott Dixon saiu bem, garantindo o terceiro lugar.

A pole de Herta saiu após um segundo grupo todo picotado por bandeiras vermelhas de Will Power, Jack Harvey e Pato O’Ward. O americano fez 1min26s279, colocando 0s8 em cima de Dixon e de Felix Rosenqvist, que parte do quinto lugar.

Enquanto isso, Ferrucci nadou de braçadas em um grupo que enfrentou a pista ainda mais molhada. O piloto da Dale Coyne fez 1min27s4, nada menos que 3s mais veloz que o companheiro Álex Palou, que sai de quarto.

Atrás de Herta, Ferrucci, Dixon, Palou e Rosenqvist, Simon Pagenaud coloca a primeira Penske no grid, com Marco Andretti, Ryan Hunter-Reay, Josef Newgarden e Alexander Rossi também no top-10.

A largada da corrida 2 em Mid-Ohio está prevista para 14h (em Brasília).

Colton Herta é pole em Mid-Ohio (Foto: Indycar)

Saiba como foi a definição do grid da corrida 2 em Mid-Ohio

A classificação do GP de Mid-Ohio 2 estava prevista para começar às 11h15 (em Brasília), mas uma chuva fortíssima caiu em Lexington minutos antes, lavando a pista, cancelando atividades do Road to Indy e, naturalmente, atrasando um pouco o início das atividades da Indy.

A pista nem estava mais tão molhada assim, mas tinha alguns pontos no circuito com pequenas poças. Foram quase 30 minutos, assim, com o carro de segurança fazendo a verificação das condições para o início da sessão. E a classificação começou, então, 11h43.

O sistema era o mesmo de ontem: dois grupos e a pole seria do melhor tempo no geral, com os demais membros da sessão no lado ímpar das filas. O primeiro grupo era formado por Charlie Kimball, Oliver Askew, Dalton Kellett, Santino Ferrucci, Graham Rahal, Simon Pagenaud, Conor Daly, Alexander Rossi, Takuma Sato, Ryan Hunter-Reay, Max Chilton e Álex Palou.

Os pilotos iam para a pista com os pneus de de chuva, já que alguns pontos do traçado ainda estavam bem traiçoeiros. Assim, Pagenaud ia para a ponta ainda com um altíssimo 1mn39s1, enquanto que Palou, Hunter-Reay e Sato iam passeando pela grama.

A bandeira vermelha apareceu depois de uma escapada de Kimball, que voltou todo atravessado na pista. Veio a verde faltando 5 minutos e os tempos despencaram, com Ferrucci mostrando muita força e sobrando. Primeiro, 1min31s, depois, 1min27s469, enfiando nada menos que 3s em Palou, companheiro de equipe que ficou em segundo.

Pagenaud, Hunter-Reay, Rossi, Rahal. Askew, Daly, Chilton, Kellett, Sato e Kimball ficaram nas últimas colocações, todos muito distantes do ritmo impressionante que Ferrucci encaixou.

Santino Ferrucci dominou o Grupo 1 (Foto: Indycar)

Herta domina caótico Grupo 2 e é pole

O segundo grupo foi para a pista logo depois formado por Josef Newgarden, Pato O’Ward, Scott Dixon, Marcus Ericsson, Will Power, Felix Rosenqvist, Rinus VeeKay, Zach Veach, Colton Herta, Jack Harvey e Marco Andretti. Todos iam de pneus de chuva, menos Andretti, de secos macios.

Só que o caos foi instaurado cedinho. Ultrapassado por Newgarden, Power perdeu o carro, rodou e parou na brita, causando uma bandeira vermelha e já sendo tirado da disputa. Veach rodou junto, Harvey bateu e ninguém conseguia marcar tempos na primeira metade do grupo. O estrago foi tão grande que a Indy fez algo que não é comum por lá: travou o relógio com 4min17s garantidos de bandeira verde.

A bandeira verde voltou, mas ficou por meros 40s. É que O’Ward também escapou e também foi parar na brita, forçando nova interrupção na sessão. Mais uma vez, relógio travado e, até então, ninguém tinha tempo registrado. Faltavam 3min35s.

Mais uma tentativa de verde veio aí, com nove carros voltando para a pista e Power e O’Ward ficando de fora. Basicamente, se tudo desse certo, seriam duas voltas para cada piloto e elas já eram mais velozes que a de Ferrucci: 1min26s7 para Herta, 1s7 na frente dos demais, que eram puxados por Dixon.

Colton ainda baixou para 1min26s279, colocando 0s8 nas Ganassi de Dixon e Rosenqvist. Andretti bateu Newgarden, com VeeKay, Veach, Ericsson, Power, Harvey e O’Ward atrás, sendo os três últimos sem tempo.

Indy 2020, GP de Mid-Ohio 2, Final:

1C HERTAAndretti Honda1:26.279 
2S FERRUCCIDale Coyne Honda1:27.469+1.190
3S DIXONGanassi Honda1:27.099+0.820
4A PALOUDale Coyne Honda1:30.711+4.432
5F ROSENQVISTGanassi Honda1:27.141+0.862
6S PAGENAUDPenske Chevrolet1:31.736+5.457
7M ANDRETTIAndretti Honda1:27.461+1.182
8R HUNTER-REAYAndretti Honda1:31.910+5.631
9J NEWGARDENPenske Chevrolet1:28.417+2.138
10A ROSSIAndretti Honda1:32.701+6.422
11R VEEKAYCarpenter Chevrolet1:29.036+2.757
12G RAHALRLL Honda1:33.162+6.883
13Z VEACHAndretti Honda1:29.236+2.957
14O ASKEWMcLaren Chevrolet1:33.468+7.189
15M ERICSSONGanassi Honda1:30.265+3.986
16C DALYCarpenter Chevrolet1:34.334+8.055
17W POWERPenske Chevrolet
18M CHILTONCarlin Chevrolet1:35.027+8.748
19J HARVEYMeyer Shank Honda
20D KELLETTFoyt Chevrolet1:35.078+8.799
21P O’WARDMcLaren Chevrolet
22T SATORLL Honda1:39.809+13.530
23C KIMBALLFoyt Chevrolet

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube