Johnson mira 24 Horas de Le Mans com Hendrick em 2023: “Interesse mútuo grande”

Jimmie Johnson revelou que tem conversas avançadas para participar das 24 Horas de Le Mans de 2023 com a Hendrick, mas que precisa saber o calendário da Indy antes

Azar e Ericsson atrapalham, mas Palou segue na briga na Indy 2022

O heptacampeão da Nascar, Jimmie Johnson, segue em busca de novos desafios na sua carreira. Depois de ter se aventurado na Indy, o plano agora é participar das 24 Horas de Le Mans. O veterano revelou que tem conversas avançadas com a Hendrick, que anunciou ainda em março que vai participar da prova com um Camaro ZL1 da nova geração da Nascar. Porém, ele ainda depende do calendário da Indy para saber se poderá disputar a corrida.

“Estou aguardando ansiosamente o calendário [da IndyCar]. Estou trabalhando nos bastidores com o Jay Frye [presidente da IndyCar] e outros para tentar entender qual pode ser o cronograma. Quero ir para Le Mans. Seria uma experiência incrível participar com a Hendrick e a Action Express nessa parceria. Mas acho que muito depende da liberação do calendário para entender se eu posso e, do ponto de vista da equipe, quais pilotos estariam no topo da lista”, afirmou Jimmie Johnson ao site Motorsport.

“Sou grato por ter tido algumas conversas com eles e sei que há interesse. Eu certamente tenho muito interesse em participar. Estamos apenas esperando o primeiro dominó cair. Sinto que o interesse é grande por ambas as partes”, revelou o heptacampeão da Nascar.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Jimmie Johnson está ansioso para saber o calendário da Indy de 2023 (Foto: IndyCar)

Em 2022, Jimmie está tendo que conciliar o calendário da Indy com a Ganassi com as provas do IMSA com a Ally, e já chegou a perder provas por conta do conflito de datas. Para o ano que vem, o americano segue mantendo suas opções abertas, e sabe que ainda é cedo para começar a assinar contratos.

“Ainda estamos nesta fase, seja na Indy, competições de carros esportivos ou qualquer outra ideia que eu tenha para correr, em que as pessoas estão apenas começando a falar sobre opções. Geralmente é no final do verão, início do outono, que os papeis começam a ser feitos e assinados. Estamos no início do ciclo e estou tentando manter minhas opções em aberto”, explicou o veterano.

Perguntado sobre seu desejo de continuar na Indy, Johnson disse que não tem dúvidas de que deseja seguir na categoria. “Com certeza. O que tenho feito tem sido muito divertido e agradável. Eu continuo melhorando e espero fazer algo semelhante no próximo ano”, concluiu.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar