Newgarden concorda com Dixon e vê pilotos da Indy agressivos “além do limite”

Depois do acidente criado por Rinus VeeKay em Gateway, Josef Newgarden concordou com o rival Scott Dixon e admitiu que os pilotos da Indy estão abusando da agressividade e forçando cada vez mais acidentes na atual temporada

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTubeGP | GP2

Na volta 65 da etapa em Gateway, Rinus VeeKay arriscou uma ultrapassagem que pode ter mudado o rumo do campeonato da Indy em 2021. O holandês acertou o então líder Álex Palou, mas também levou Scott Dixon, outro concorrente na briga pelo título. A agressividade dos pilotos, com isso, virou motivo de discussão após a prova.

Logo depois do acidente, Dixon voltou para os boxes e tentou seguir na prova, mas abandonou após 35 voltas. Em entrevista à emissoria NBC Sports, o hexacampeão da Indy disse que houve uma “doida e errática pilotagem” e que os comissários precisam observar com mais atenção. Josef Newgarden, vencedor da corrida e um dos mais beneficiados com o incidente, concordou.

“Aconteceu comigo na semana passada [no GP de Indianápolis] quando larguei na 20ª posição e estava apenas tentando proteger meu carro. Na primeira parte da corrida, eu evitei uns três ou quatro toque. Estava literalmente tentando não bater enquanto era agressivo”, disse o piloto da Penske.

Rinus VeeKay atingiu Álex Palou e Scott Dixon na volta 65 (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram

“Acho que estão pilotando de maneira agressiva atualmente. Você precisa praticamente igualar ou vai ser atingido. Eu concordo [com o Dixon], todo mundo está realmente agressivos. Eles andam no limite, andam forçando o máximo que podem tocar ou não. Com esses carros, geralmente consegue tocar e escapar ileso, mas acho que estão indo além do limite algumas vezes”, seguiu.

O próprio Newgarden teve um toque com o companheiro de equipe Simon Pagenaud nas primeiras voltas em Gateway, com o francês levando a pior ao sofrer um dano na asa dianteira. O americano seguiu para vencer a prova e agora é o terceiro colocado no certame, com 22 pontos de desvantagem para o líder Pato O’Ward.

O acidente de Palou, Dixon e VeeKay (Vídeo: NBC)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar