Newgarden lamenta chances mínimas de título e mira vice: “Difícil de digerir”

Com chances de título que beiram o zero, Josef Newgarden mira vice-campeonato e lamenta classificações ruins na reta final da temporada. Piloto da Penske está 48 pontos atrás de Álex Palou

O choque com Herta que tirou Rossi da disputa em Laguna Seca (Vídeo: NBC)

Sétimo colocado no GP de Laguna Seca, disputado no último domingo (19), Josef Newgarden ainda tem chances matemáticas de conquistar o título da Indy em 2021, porém, beiram o impossível. 48 pontos atrás do líder Álex Palou, precisa vencer o GP de Long Beach, somar pontuação extra e torcer para o rival chegar abaixo do 24º lugar.

Com chances perto do zero, Newgarden lamentou a classificação ruim que impediu avanços em Monterey. O piloto da Penske partiu de 17º, e com uma estratégia de quatro paradas, alcançou a sétima posição, além de ver Palou subir ao pódio com o segundo lugar e Pato O’Ward, vice-líder, em quinto.

“É difícil fazer mais do que fizemos largando de 17º. Não podemos largar lá atrás, sabemos disso. Foi um soco no estômago ter isso em dois fins de semana seguidos”, comentou Newgarden em entrevista após a corrida.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Josef Newgarden: só milagre salva (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“É difícil de digerir. Não sei o que causou, mas estou orgulhoso da minha equipe. O meu engenheiro Gavin Ward fez um trabalho estelar, tivemos uma grande preparação. Chegando nos fins de semana, estive mais confiante do que nunca. Tive tudo do time”, completou.

Campeão em 2017 e 2019, Newgarden lamentou a ausência de bandeiras amarelas que impediram o grid mais próximo em Laguna Seca. Agora, Josef foca pelo objetivo de repetir o feito de 2020 e sair com o vice-campeonato.

“Acho que foi um dia rápido. Executamos bem a estratégia de quatro paradas. Não iríamos avançar mais sem mais amarelas, infelizmente precisávamos em um dia como hoje. Precisamos apenas largar mais na frente, sabemos disso, mas tiramos o que poderíamos. Vamos para Long Beach tentar o vice”, concluiu.

O QUE É O HALO, COMO PROTEGEU HAMILTON NA F1 E QUEM É SEU ‘AVÔ’ BRASILEIRO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar