Indy

Leist coloca Barber como “uma das minhas pistas favoritas” e renova meta por primeiro top-10

Matheus Leist segue em busca do primeiro top-10 na Indy e acredita que o GP do Alabama, disputado em uma de suas pistas favoritas no calendário, seja uma boa oportunidade

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Matheus Leist teve bastante azar no GP de Austin. Andando sempre próximo do grupo dos dez primeiros, o brasileiro foi um dos pilotos que despencaram quando uma bandeira amarela beneficiou quem já havia feito a última parada no fim da prova. Agora, em Barber, o jovem piloto busca o primeiro top-10 da carreira.
 
O gaúcho colocou a pista do Alabama como uma de suas favoritas na Indy e falou do tempo que está afastado do traçado. Leist quer matar a saudade com bom resultado.
 
“Estou bem ansioso para o GP do Alabama, é uma das minhas pistas favoritas do calendário. Não treinamos nesse circuito desde a corrida do ano passado, então faz praticamente um ano que não ando por lá e estou bem ansioso para voltar. A pista tem várias ondulações, ela vai de cima para baixo, possui curvas de alta e de baixa velocidade, então é um traçado bem bacana”, disse.
Matheus Leist (Foto: IndyCar)
Leist sabe que o início de campeonato não tem sido bom para a Foyt, mas lembrou que o resultado poderia ter sido bem mais positivo em Austin se tudo tivesse corrido de forma normal com bandeira verde o tempo todo.
 
“Em relação ao nosso ano, foi um começo de temporada difícil para a equipe e para mim. Tivemos duas corridas em que faltou um pouco de sorte, mas vamos trabalhar para melhorar e tentar disputar posições com os pilotos do top-10. Foi o que estávamos fazendo na etapa passada, até que a bandeira amarela nos atrapalhou", completou.