Newgarden admite culpa em acidente com Hunter-Reay: “Eu que procurei aquilo”

Josef Newgarden reconheceu que ousou muito para tentar um pódio em Mid-Ohio e chamou para si toda a responsabilidade pela perda do quarto lugar que ampliaria a vantagem na liderança do campeonato

Josef Newgarden teve um bom desempenho em 89 voltas no GP de Mid-Ohio deste domingo (28), mas falhou quando não poderia. Praticamente perfeito na temporada 2019 da Indy, o líder do campeonato exagerou na ambição, tentou um pódio improvável na última volta e se chocou com Ryan Hunter-Reay, levando a pior e ficando preso fora da pista, vendo um quarto lugar virar 14º e a vantagem para Alexander Rossi, que cresceria, diminuir para 16 pontos.
 
Como faz sempre, Newgarden não quis saber de passar a responsabilidade para ninguém, elogiou bastante Penske e Chevrolet pelo trabalho em Lexington e chamou para si toda a culpa pelos pontos perdidos.
 
"Eu que causei o problema. Estava tentando conquistar mais um pódio, coloquei de lado no Hunter-Reay, escorreguei e perdi potência. Foi minha culpa, eu que procurei aquela situação", admitiu.

Josef Newgarden era o melhor da Penske até a última volta (Foto: Indycar)

O americano ainda lamentou ter ficado preso e não completado a prova e, mais uma vez, voltou a lamentar a escolha de partir de qualquer jeito para cima de Hunter-Reay em meio ao pelotão com retardatários.

 
"Esperava que pudesse manter o motor ligado quando escapei ali, seria crucial. Tínhamos um bom carro, a Chevrolet foi incrível, por isso eu tentei um algo a mais ali. Só que não era para ter feito isso", completou.
 
Dono de quatro vitórias em 2019, Newgarden lidera com 504 pontos, 16 a mais que Rossi, 47 na frente de Simon Pagenaud e 62 na de Scott Dixon, que triunfou em Mid-Ohio.

 
Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube