O’Ward bate Dixon e põe Chevrolet na frente no Carb Day da Indy 500. Alonso é 23º

No último treino livre antes das 500 Milhas de Indianápolis, o mexicano da McLaren deu esperanças para a Chevrolet. Helio Castroneves ficou em 17º e Tony Kanaan foi 19º

O último treino livre antes da Indy 500 2020 deu sinais de que a briga no domingo pode ser mais acirrada. Nesta sexta-feira (21), Pato O’Ward liderou o Carb Day com 39s937, superando a Ganassi de Scott Dixon e colocando a McLaren e a Chevrolet finalmente no comando das ações.

Dixon ficou 0s126 atrás do líder do dia. O neozelandês completou 59 voltas, um número relativamente baixo comparado a outros pilotos. O próprio O’Ward deu 84 giros com o carro #5. Muito próximos de Scott na tabela apareceram Alexander Rossi e Takuma Sato, mais dois carros da Honda que vão largar em boas posições no grid.

Mostrando a força da McLaren, Oliver Askew completou o Carb Day em quinto. A exceção da equipe foi Fernando Alonso, que voltou a destoar dos companheiros ficou apenas em 23º, quase 0s5 atrás do parceiro mexicano.

Zach Veach surpreendeu na sexta colocação, seguido pela Penske de Josef Newgarden. Marcus Ericsson, Jack Harvey e Álex Palou fecharam o grupo dos dez primeiros. Helio Castroneves foi 17º, com Tony Kanaan em 19º e o pole Marco Andretti apenas em 28º.

A largada da 104ª edição das 500 Milhas de Indianápolis está prevista para 15h30 (em Brasília).

Pato O’Ward liderou o Carb Day (Foto: McLaren)

Saiba como foi o Carb Day

Último treino livre antes das 500 Milhas de Indianápolis e mais importante deles, o Carb Day teve início pontualmente às 12h (em Brasília). Foram 120 minutos para que os pilotos tentassem os ajustes finais já pensando na corrida do domingo. A temperatura seguia na média das demais sessões, em 25ºC.

Alexander Rossi e Pato O’Ward começaram os trabalhos na frente, mas ambos ainda com marcas elevadas acima dos 40s. O primeiro a descer para 39s foi justamente o mexicano da McLaren, virando 39s937. Rossi, Scott Dixon, um surpreendente Zach Veach e Josef Newgarden apareciam atrás.

O top-5 se manteve assim na conclusão dos primeiros 30 minutos de Carb Day e o indicativo era bem positivo: Honda e Chevrolet, aparentemente, no mesmo passo. Restava saber se a corrida teria muitas ultrapassagens, algo que o treino livre não poderia assegurar pela diferença de velocidades.

Olhando para o fundo do pelotão, dois destaques: Fernando Alonso empilhava voltas e, por mais que não fosse grandes coisas, aparecia ali em 21º. Mas o mais legal veio de Ben Hanley, que mostrou que pode, sim, disputar a corrida de domingo, andando 1s3 atrás do líder e na frente até de Max Chilton.

Enquanto Helio Castroneves mostrava um ritmo interessante na nona colocação, o Carb Day entrava naquele momento tradicional de muita gente se testando no tráfego, buscando o melhor ritmo em condições bem parecidas com as que teremos no domingo.

Aí, como costuma também acontecer, veio aquela bandeira amarela para inspeção de pista, justamente na virada da primeira para a segunda metade do Carb Day. O top-10 tinha: O’Ward, Rossi, Dixon, Veach, Newgarden, Marcus Ericsson, James Hinchcliffe, Colton Herta, Castroneves e Conor Daly. Tony Kanaan era 20º, Alonso vinha em 22º e o pole Marco Andretti aparecia em 27º.

A bandeira verde voltou a ser acionada para os últimos 55 minutos de atividades e os tempos foram melhorando. Takuma Sato se meteu em terceiro, Álex Palou escalou para oitavo e puxou Charlie Kimball junto para dentro do grupo dos dez mais rápidos.

As quatro últimas colocações seguiam as mesmas de praticamente todos os treinos: os dois carros da DRR, Chilton e Hanley. Também por isso, tentando tirar mais do que dava do carro, Sage Karam deu um toque no muro, mas sem maiores problemas para ele e para a pista.

Como sempre, Scott Dixon apareceu ali nos últimos 40 minutos apenas para deixar sua marca. O neozelandês virou 40s063 e acabou sendo quem mais se aproximava, até ali, de O’Ward. Kanaan também melhorava, mas ali para o 17º lugar.

Dali para frente, porém, foram minutos em que basicamente se viu uma procissão, com muito teste de tráfego, quilometragem, mas pouca velocidade pura e quase nada de novas marcas estabelecidas em qualquer parte da tabela de tempos.

Indy 2020, 500 Milhas de Indianápolis, Carb Day:

1P O’WARDMcLaren Chevrolet39.937 84
2S DIXONGanassi Honda40.063+0.12659
3A ROSSIAndretti Honda40.072+0.13558
4T SATORLL Honda40.075+0.13885
5O ASKEWMcLaren Chevrolet40.156+0.21982
6Z VEACHAndretti Honda40.186+0.24973
7J NEWGARDENPenske Chevrolet40.221+0.28468
8M ERICSSONGanassi Honda40.233+0.296105
9J HARVEYMeyer Shank Honda40.243+0.30672
10A PALOUDale Coyne Honda40.256+0.31991
11C KIMBALLFoyt Chevrolet40.270+0.33379
12J HINCHCLIFFEAndretti Honda40.276+0.339103
13C HERTAAndretti Honda40.281+0.34488
14S PAGENAUDPenske Chevrolet40.283+0.34689
15E CARPENTERCarpenter Chevrolet40.285+0.34865
16R VEEKAYCarpenter Chevrolet40.289+0.35292
17H CASTRONEVESPenske Chevrolet40.342+0.40593
18C DALYCarpenter Chevrolet40.357+0.42078
19T KANAANFoyt Chevrolet40.359+0.42251
20D KELLETTFoyt Chevrolet40.368+0.43173
21S FERRUCCIDale Coyne Honda40.394+0.45795
22R HUNTER-REAYAndretti Honda40.407+0.47081
23F ALONSOMcLaren Chevrolet40.417+0.48072
24W POWERPenske Chevrolet40.435+0.49881
25G RAHALRLL Honda40.512+0.57571
26S PIGOTRLL Honda40.579+0.64248
27F ROSENQVISTGanassi Honda40.600+0.66371
28M ANDRETTIAndretti Honda40.666+0.72970
29J DAVISONDale Coyne Honda40.744+0.80764
30M CHILTONCarlin Chevrolet40.786+0.84980
31J HILDEBRANDDRR Chevrolet40.960+1.02344
32S KARAMDRR Chevrolet41.022+1.08538
33B HANLEYDragonSpeed Chevrolet41.288+1.351104

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube