Pagenaud sugere a Alonso “estar focado na temporada inteira” para vencer Indy 500

Para Simon Pagenaud, vencer as 500 Milhas de Indianápolis é uma das tarefas mais difíceis do mundo, e Fernando Alonso deveria fazer a temporada inteira da Indy para ter mais chances de vitória

2019 é um ano que ficará na memória de Simon Pagenaud. O francês da Penske foi o vencedor das 500 Milhas de Indianápolis, em maio, após uma atuação impecável e um duelo final emocionante contra Alexander Rossi.
 
Com chances de conquistar o bicampeonato da Indy em Laguna Seca, Pagenaud detalhou as dificuldades de vencer no Brickyard. O francês venceu em sua oitava tentativa, e citou o brasileiro Tony Kanaan como exemplo. O baiano triunfou no oval em 2013.
 
"Não é fácil vencer Indianápolis. Precisei de muitos anos, Tony Kanaan precisou de 13. É só perguntar para Dario Franchitti e ele vai te responder. É uma das corridas mais difíceis de vencer porque acontece uma vez por ano, são 500 milhas, 8 pit-stops, precisa de um time perfeito e uma estratégia perfeita, de um motor certo, dos companheiros certos para acertar o carro", disse em entrevista ao site inglês ‘RaceFans.net.’
Simon Pagenaud (Foto: Indycar)
"Você não pode errar o acerto, ou então vai ficar lá atrás o dia inteiro. É um pesadelo quando o carro não está acertado, porque você está a 400 km/h no fim da reta e seguindo um carro com a turbulência. Você tem que lidar com isso", seguiu.
 
Recentemente, Pagenaud fez críticas ao espanhol Fernando Alonso, bicampeão mundial de F1 e que foi eliminado no treino classificatório da Indy 500 de 2019. Para o francês, uma vitória em Indianápolis exige uma participação integral no campeonato. 
 
"É tão complicado quanto vencer Le Mans, mas imagine 33 competidores tão bons quanto você”, citou, mencionando a prova de endurance vencida duas vezes por Alonso. “Para mim, é a corrida mais difícil de vencer, porque a competição e todos os fatores carregam papel. É claro que a decisão é dele, é a carreira dele, mas para mim, preciso estar focado, 100% com o time na temporada inteira, com eles me conhecendo e eu conhecendo eles. É assim para ter a chance de vencer a Indy", concluiu.

Não é a primeira vez que Pagenaud cita Alonso. Recentemente, o francês afirmou que o ex-companheiro de equipe Juan Pablo Montoya será o primeiro a conquistar a Tríplice Coroa do automobilismo, enquanto o espanhol tem muito aprendizado pela frente.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube