O’Ward elogia “mestre da consistência” Dixon e mira regularidade para título

Terceiro colocado no campeonato, Pato O'Ward deu o "caminho das pedras" para conquistar o título. Mexicano afirmou que o ideal é ter consistência e extrair o máximo de pontos na disputa contra Scott Dixon

Acidente do líder, erro do campeão e vitória de Pérez: os melhores momentos do GP do Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Patricio O’Ward chega na rodada dupla de Detroit da Indy como um candidato ao título. O mexicano da McLaren ocupa a terceira posição no campeonato, 1 ponto atrás do atual campeão Scott Dixon e 37 atrás de Álex Palou, o líder do campeonato.

Quarto colocado em 2020 e já com vitória em 2021, O’Ward crê que não há segredo para conquistar o título da Indy: basta ter a consistência nos resultados, especialmente contra o “mestre” Scott Dixon, que é hexacampeão e busca a sétima Astor Cup em 2021.

“O que aprendi é que você precisa bater o mestre da consistência no jogo dele para ser campeão. Acho que é a melhor forma de colocar isso. Precisamos somar mais pontos que ele o máximo possível e em todo fim de semana. Acho que é a melhor forma de ter chance de título em Long Beach”, disse Pato. A temporada da Indy se encerra em 26 de setembro nas ruas da cidade californiana.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi a quarta vitória de Helio Castroneves na Indy 500?

Pato O’Ward terminou Indy 500 em quarto (Foto: Joe Skibinski/Indycar)

O’Ward também elogiou o nível do grid da Indy em 2021. Nas seis corridas já disputadas na temporada, seis pilotos venceram. O mexicano da McLaren também citou que sente que a categoria é um verdadeiro campeonato de pilotos, dado o tamanho equilíbrio das equipes e dos competidores.

“Este ano está tão equilibrado que sinto que o grid está bem parelho. É cheio de pilotos talentosos, não sei se já esteve tão difícil. Não sei se já foi tão competitivo no ponto de vista de pilotos. É um verdadeiro campeonato de pilotos, não sei se existe algo mais difícil no mundo”, seguiu.

“Eu sinto que eu e Felix sabemos que ganhar um título na Indy é por consistência. Não acho que é algo misterioso ou escondido. Não sei se ele tem algo a dizer disso, mas acho que é apenas sobre maximizar o que você tem e conquistar o máximo de pontos a cada fim de semana, sem nenhum problema. Já tivemos dois assim”, concluiu.

GP às 10: Vettel e Ferrari demonstram na pista que divórcio foi melhor solução

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar