Penske troca motor de Castroneves, que perde dez posições no grid de Iowa. Power larga na frente

Por precaução, a Penske decidiu trocar o motor do carro de Helio Castroneves pouco depois da corrida de classificação em Iowa. Assim, o brasileiro abre a corrida na 11ª colocação do grid. Entretanto, o piloto mantém os pontos conquistados por conta da pole-position no sábado (22)

Pouco depois de ter conquistado a pole-position da etapa de Iowa da Indy, no último sábado (22), Helio Castroneves perdeu dez posições no grid de largada da corrida. Isso porque a Penske, equipe do brasileiro, decidiu trocar o propulsor Chevrolet do seu carro, e isso, de acordo com o regulamento, resulta na perda de dez posições no alinhamento inicial. Assim, Helio larga em 11º, enquanto seu companheiro de equipe, Will Power, herdou a posição de honra em Iowa para a corrida deste domingo.
Venha trabalhar no GRANDE PRÊMIO! Inscreva-se já no Grande Estagiário 6

Helio Castroneves terá de largar na 11ª posição em Iowa (Foto: Shawn Gritzmacher/IndyCar)

Helio, no entanto, permanece com os 308 pontos conquistados na temporada. O brasileiro pulou de 299 para 308 graças à pole-position conquistada no sábado. A única punição em decorrência da troca de motor foi mesmo a perda de dez posições no grid de largada. Ainda assim, Castroneves está bastante confiante para a corrida de logo mais.

“Nosso Penske estava muito bom de acerto e consegui andar rápido em todas as atividades. Infelizmente, o motor já estava se aproximando do limite de desgaste e, então, a equipe optou pela prudência e colocou um motor novo para não ter problemas durante a corrida. Mesmo assim, estou confiante para a corrida”, declarou.

A largada da etapa de Iowa, a décima da temporada 2013 da Indy, terá início às 16h, hora de Brasília.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube