Perto de estreia na Indy, Hanley prevê ano “extremamente duro” para novata DragonSpeed

Sem experiência nenhuma de Indy, o britânico Ben Hanley espera um ano difícil para a igualmente novata DragonSpeed no primeiro ano da parceria em algumas corridas da Indy

A DragonSpeed vai completar o sonho de participar de algumas provas da Indy em 2019. Além da Indy 500, a equipe vai se fazer presente em São Petersburgo – logo na abertura do campeonato -, em Barber, em Road America e em Mid-Ohio. Ben Hanley, também novato na categoria, esperava um ano extremamente duro para o time.
 
Inglês de 34 anos, Hanley está longe de ser um principiante no automobilismo, mas está ciente de que a Indy é um mundo novo e bastante diferente do endurance, onde equipe e piloto estiveram pelos últimos três anos. Por isso, os primeiros passos precisam ser de correção de erros.
Ben Hanley é o piloto da DragonSpeed em 2019 na Indy (Foto: Reprodução/Facebook)

"Nós não nos iludimos, sabemos que vamos ter um ano extremamente duro. Nossa maior meta é estar nos testes coletivos e conseguir andar junto com o resto para entendermos nossas fraquezas, o que vamos precisar melhorar. Não temos experiência alguma de Indy, isso dificulta na parte de guiar e também na parte da engenharia, então é aprendizado o tempo todo. Queremos algo num longo prazo, é o modo correto de se pensar", disse o britânico ao site oficial da categoria.

 
Ainda que a DragonSpeed pense em fazer a temporada completa já em 2020, Hanley mantém os pés no chão, focando em primerio poder ser competitivo em 2019.
 
"Nós já queríamos ter chegado à Indy mais cedo, mas não é uma coisa fácil. Precisa de tempo, de muita negociação e diálogo com outras equipes. Além disso tudo, também estudei muito, vi muitos vídeos e pegamos algumas coisas de estratégias que foram utilizadas. Obviamente, precisaremos de ritmo de corrida para que tudo isso sirva de alguma coisa, então é nosso primeiro objetivo, acertar bem o carro", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar