Pole, Andretti relembra frase do avô Mario: “Ventos te assustam, mas não te fazem bater”

Marco tem a chance de colocar um ponto final na maldição da família Andretti em Indianápolis. O piloto vai largar em primeiro na corrida que acontece na próxima semana

Marco Andretti é o pole-position da edição 2020 das 500 Milhas de Indianápolis. O piloto superou Scott Dixon no Fast Nine para garantir o primeiro posto na corrida que acontece no próximo dia 23.

A pole de Marco é a primeira de um Andretti desde o avô Mario, em 1987, que também é o único representante da família a vencer no Brickyard, em 1969.

O piloto do #98 comentou que lembrou de uma frase do avô na manhã do dia de fortes ventos em Indianápolis.

Marco Andretti superou Scott Dixon (Foto: Indycar)

“Eu pensei nele hoje porque estava ventando muito quando sai do motorhome, e lembro da frase que ele diz apenas para nós, não para muita gente. ‘Os ventos te assustam, mas não te fazem bater’, e hoje ele estava certo, não sei se totalmente, mas é incrível”, declarou à NBC.

Em meio aos abraços do pai Michael e de membros da equipe, Marco detalhou a influência dos ventos na disputa do Fast Nine. Os outros carros da Andretti não repetiram o desempenho do sábado e ficaram fora da primeira fila, que também terá Scott Dixon e Takuma Sato.

“Eu comecei a sentir [vento] na volta 2, vi que seriam giros bem longos. A 3 e a 4 foram imprecisas. É incrível, é algo que não acontece desde que nasci. Tem algo sobre agosto, e precisamos manter o momento”, completou Marco.

A Indy 500 acontece no próximo domingo (23). Foi a sexta pole-position da carreira de Marco.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar