Grosjean vibra com “renascimento” na Indy após frustração na F1: “É melhor estar aqui”

Um dos grandes nomes da Indy no fim de semana em Laguna Seca, Romain Grosjean recordou os últimos e difíceis anos na Fórmula 1 e, ovacionado pelos fãs, celebrou o novo momento da carreira na Indy: “Definitivamente, é um renascimento”

O choque com Herta que tirou Rossi da disputa em Laguna Seca (Vídeo: NBC)

Romain Grosjean deu um verdadeiro espetáculo no último domingo (19) em Laguna Seca. Com uma atuação memorável, o franco-suíço emendou uma grande série de ultrapassagens, inclusive algumas notáveis, como em cima de Scott Dixon e de Jimmie Johnson no Saca-Rolha, para sair de 13º e terminar em terceiro lugar, muito perto de Álex Palou. A vitória ficou com Colton Herta, da Andretti.

Ao término da prova, Grosjean foi ovacionado pelo público na cerimônia de premiação no pódio e comemorou não apenas a grande jornada na Califórnia, mas também o renascimento na carreira. Literalmente renascido das chamas depois do gravíssimo acidente em Sakhir no ano passado na sua última corrida de F1 com a Haas, o piloto lembrou os anos complicados na categoria e a mudança que lhe trouxe a chance de viver novos e bons momentos nas pistas.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

ROMAIN GROSJEAN; INDY; INDY 2021; LAGUNA SECA;
Romain Grosjean quase foi às lágrimas ao ser ovacionado pelo público em Laguna Seca (Foto: IndyCar)

“Foi incrível! Tive um pódio e, quando fui aplaudido, quase chorei, e não choro com muita frequência. Foi muito mais do que poderia imaginar algum dia”, declarou o piloto da Dale Coyne em entrevista ao site australiano Speed Café.

Sobre o período em que esteve na F1, com passagens pela Renault, Lotus e Haas, com a conquista de dez pódios na categoria, Romain recordou os tempos difíceis, sobretudo nos últimos anos, quando virou até motivo de chacota. Mas o piloto reforçou que sua capacidade sempre esteve lá.

“Fui um dos caras com sorte que chegou à F1. Tive uma trajetória incrível. Sim, os últimos anos foram um pouco difíceis e frustrantes. Tinha certeza que ainda sabia pilotar, mas não pude demonstrar nada”, lembrou.

“Definitivamente, chegar a um lugar em que você pode lutar lá na frente e tem um engenheiro que te diz ‘você é o carro mais rápido da pista, está em primeiro’, lutar por pódios e tudo o mais, definitivamente é um renascimento”, comemorou o piloto.

ROMAIN GROSJEAN; INDY; INDY 2021; LAGUNA SECA;
Romain Grosjean compartilha a alegria por ser competitivo na Indy (Foto: IndyCar)

Romain deu um recado a quem sonha em um dia chegar à F1 e lembrou que não vale a pena estar numa categoria para fazer figuração. O franco-suíço criticou a complexidade da categoria e a comparou com a Indy neste aspecto.

“Entendo que muitos garotos queiram chegar à F1. Mas se é para estar na parte de trás do grid a cada fim de semana, acho que é melhor estar aqui [na Indy]. É pela liberdade de pilotar o carro como você gosta de pilotar. Não precisa ter o cuidado com recarregar [a bateria], acelerar, lidar com a temperatura dos pneus, com a janela de funcionamento dos pneus, essas coisas. Simplesmente você entra no carro, deixa o pit-lane e acelera, acelera, acelera, entra, para e coloca pneus novos…”, disse.

“A habilidade de curtir cada volta que fazemos, de aproveitar o fato de que você pode ser competitivo em qualquer equipe, o ambiente no paddock e, obviamente, o apoio dos fãs, é tudo parte de um conjunto que curto demais”, concluiu o muito feliz e ‘renascido’ Romain Grosjean.

BRILHO EM MONZA PROVA: BOTTAS AINDA TEM LENHA PRA QUEIMAR NA F1 | GP ÀS 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar