Grosjean se empolga com futuro na Indy e já fala em trazer família e “curtir alguns anos”

Romain Grosjean encara um novo horizonte na sua carreira como piloto a partir deste ano. Contratado como piloto da Dale Coyne na Indy, o franco-suíço vai fazer as corridas em circuitos mistos e de rua. Será uma rotina de muitas viagens, já que sua família vai seguir na Europa, mas o competidor vislumbra “trazer todo mundo” para os EUA se conseguir se divertir na Indy

Vá de carona com Romain Grosjean no carro da Indy durante testes em Sebring (Vídeo: Romain Grosjean)

Depois de concluir seu ciclo como piloto na Fórmula 1, Romain Grosjean vai encarar, a partir de 2021, um desafio diferente na carreira e na vida. O franco-suíço, que vai completar 35 anos no próximo dia 17, vai estrear na Indy e vai disputar as etapas em circuitos mistos e de rua pela equipe Dale Coyne. Neste primeiro momento, apenas o piloto vai seguir para os Estados Unidos, enquanto a esposa, Marion, e os três filhos, vão continuar morando na Europa. Mas Romain já vislumbra um futuro de longo prazo na Indy e planeja, se tudo der certo, levar todos para o outro lado do Atlântico em definitivo.

“Se curtir essa minha fase nos Estados Unidos e puder fazer um ótimo trabalho, e sinto que isso é o que eu quero fazer, se fizer meu trabalho certinho, bem legal, vou ficar em definitivo”, afirmou o piloto em entrevista ao site Motorsport Week.

ROMAIN GROSJEAN; INDY; DALE COYNE;
Romain Grosjean está empolgado com a perspectiva de uma longa carreira na Indy (Foto: IndyCar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

LEIA TAMBÉM: Indy realiza testes de pré-temporada em Indianápolis. Confira lista de pilotos

“Mas, no momento, é um desafio que estou assumindo em vários aspectos. É uma nova categoria, com muitas viagens para mim. Minha família está na Europa. Talvez fique às vezes um mês sem vê-los, o que é muito difícil quando você é pai. Mas estou pronto para tentar”, salientou.

Grosjean vai fazer sua primeira corrida na Indy um dia depois do seu aniversário. Além da etapa de Barber, que vai marcar seu debute na categoria, Romain vai fazer também as etapas em St. Petersburg, GPs de Indianápolis 1 e 2, a rodada dupla de Detroit, Elkhart Lake, Mid-Ohio, Toronto, Nashville, Portland, Laguna Seca e Long Beach. Ou seja, praticamente todo o calendário, ficando fora somente das provas nos ovais do Texas, das 500 Milhas de Indianápolis e Gateway. Contudo, o franco-suíço já admite até rever seus planos e fazer pelo menos uma etapa em oval em 2021.

Romain reforçou que, muito mais do que andar bem na Indy, é preciso se divertir. Se conseguir aliar desempenho e curtir sua jornada nos Estados Unidos, o piloto prevê alguns bons anos nos Estados Unidos com a família toda. “Como disse, se tudo correr bem, se eu me divertir, tenho ótimas oportunidades no futuro aqui. Ficaria mais do que feliz em trazer todo mundo e curtir alguns anos aqui”.

Um dos pontos que anima Grosjean é que alguns dos seus pares no grid já são veteranos e, ainda assim, conseguem manter um alto nível de competitividade. De modo que a idade não é um problema. “Tenho quase 35 anos, então ainda tenho algum tempo para correr. Parece que os outros caras, como Scott, que tem 40, Will Power, que acabou de fazer 40, Sébastien, que tem 42, andam muito bem. E eu vejo que ainda tenho alguns anos pela frente”.

“Como disse, se me divertir aqui, posso ficar”, concluiu.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar