Rosenqvist coloca Ganassi na frente no TL3 em Laguna Seca. Newgarden é 2º

Felix Rosenqvist manteve o ótimo ritmo e liderou o TL3 do GP de Laguna Seca, mas a novidade foi a grande evolução dos candidatos ao título, com Josef Newgarden pintando na segunda colocação

A Ganassi tem ido muito bem nos treinos livres da final da Indy em Laguna Seca, mas com Felix Rosenqvist. Neste sábado (21), o sueco manteve o ótimo ritmo e puxou a fila no TL3, virando 1min10s407 em uma sessão que viu os candidatos ao título mais próximos do topo.

Josef Newgarden já tinha se dado bem nos primeiros treinos livres mesmo sem não andar muito forte, mas o TL3 deu confiança extra. O americano fez o segundo melhor tempo e, nesse ritmo, vai chegar na corrida com condições ótimas para administrar a vantagem.

Simon Pagenaud também andou forte e se colocou em quarto, logo atrás do outro companheiro de Penske, Will Power. Alexander Rossi foi o pior dos três postulantes, mas deixou o fundo do grid para ser décimo.

Takuma Sato ficou em quinto, com Max Chilton em sexto, Colton Herta em sétimo, Scott Dixon e Graham Rahal na sequência antes de Rossi, que fechou o top-10 do TL3. Matheus Leist foi 20º e Tony Kanaan ficou em 24º.

Felix Rosenqvist liderou o TL3 (Foto: Indycar)
Saiba como foi o TL3 em Laguna Seca
 

O terceiro treino livre da Indy em Laguna Seca começou pontualmente às 14h (em Brasília) e bem diferente dos dois anteriores, com ação rolando forte desde os primeiros minutos e muitos carros na pista aproveitando os 45 minutos.

 
Santino Ferrucci voltou a começar bem a atividade, virando já em 1min12s e acompanhado bem de perto por Tony Kanaan. Na sequência, veio a Foyt de Matheus Leist, ainda mais rápido, cravando 1min11s770 e assumindo a ponta.
 
A sessão estava bem curiosa. Por mais que a Penske se aproximasse com Power e Pagenaud, Leist seguiu na dianteira até que outras zebras surgiram, com Chilton e Kimball em 1min11s5.
 
Leist conseguiu dar o troco na dupla da Carlin ali pela metade do TL3, mas não foi o brasileiro o primeiro a romper a barreira de 1min11s e, sim, Sato, que virou líder e ainda puxou junto Andretti e Rossi, que respirava após treinos livres terríveis.
 
Assim como no TL1 e no TL2, Newgarden vinha extremamente discreto, beirando o top-10, mas longe de arriscar muito ou coisa do tipo. Pagenaud vinha ainda mais atrás.
 
Chamava a atenção como a pista estava escorregadia, em uma mistura de falta de aderência com desgaste muito rápido dos pneus. Apesar disso, Rossi subia para segundo e Hunter-Reay pintava no top-5.
 
Com 15 minutos para o fim, a disputa no treino começou a pegar fogo. Isso porque Newgarden e Pagenaud bateram Rossi no confronto direto, se enfiaram no topo, atrás apenas de Rosenqvist, que seguia andando muito forte e puxava a fila com 1min10s407.

Indy 2019, GP de Laguna Seca, TL3:

1 F ROSENQVIST Ganassi Honda 1:10.407   20
2 J NEWGARDEN Penske Chevrolet 1:10.589 +0.182 18
3 W POWER Penske Chevrolet 1:10.593 +0.186 18
4 S PAGENAUD Penske Chevrolet 1:10.612 +0.205 19
5 T SATO RLL Honda 1:10.711 +0.304 19
6 M CHILTON Carlin Chevrolet 1:10.713 +0.306 15
7 C HERTA Harding Honda 1:10.782 +0.375 17
8 S DIXON Ganassi Honda 1:10.820 +0.413 17
9 G RAHAL RLL Honda 1:10.863 +0.456 21
10 A ROSSI Andretti Honda 1:10.874 +0.467 16
11 M ANDRETTI Andretti Honda 1:10.930 +0.523 14
12 C DALY Andretti Honda 1:10.941 +0.534 17
13 C KIMBALL Carlin Chevrolet 1:11.007 +0.600 15
14 S BOURDAIS Dale Coyne Honda 1:11.009 +0.602 22
15 S FERRUCCI Dale Coyne Honda 1:11.082 +0.675 16
16 Z VEACH Andretti Honda 1:11.109 +0.702 17
17 M ERICSSON SPM Honda 1:11.161 +0.754 18
18 R HUNTER-REAY Andretti Honda 1:11.243 +0.836 17
19 J HARVEY Meyer Shank Honda 1:11.421 +1.014 18
20 M LEIST Foyt Chevrolet 1:11.439 +1.032 17
21 J HINCHCLIFFE SPM Honda 1:11.486 +1.079 18
22 S PIGOT Carpenter Chevrolet 1:11.543 +1.136 15
23 E JONES Carpenter Chevrolet 1:11.768 +1.361 17
24 T KANAAN Foyt Chevrolet 1:11.786 +1.379 18

 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar