Rossi dá bote no apagar das luzes, mantém domínio em Long Beach e crava pole com sobras. Kanaan é 11º

Alexander Rossi está impossível em Long Beach. O americano apareceu na hora certa para triturar os rivais no Fast Six e cravar a pole para a etapa de rua californiana. Tony Kanaan larga em 11º e Matheus Leist sai em 14º

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Ninguém consegue fazer sombra para Alexander Rossi em Long Beach. O americano manteve o domínio absoluto neste sábado (14) e cravou a pole com facilidade para a corrida. O americano apareceu apenas para um giro no Fast Six, sendo certeiro e cravando 1min06s692, mais de 0s3 mais veloz que Will Power, segundo colocado.

Coladíssimo em Power apareceu o companheiro de Penske Simon Pagenaud, que sai em terceiro. Scott Dixon e Graham Rahal fizeram boas classificações e também entraram no top-5. Atrás deles ficou o atual campeão Josef Newgarden, que errou quando não podia e perdeu a chance de beliscar, pelo menos, o segundo lugar.

Ryan Hunter-Reay vai largar em sétimo, prejudicado por um drive-through bobo na segunda fase, seguido por James Hinchcliffe, Sébastien Bourdais e Robert Wickens, que não conseguiu brilhar como nas etapas anteriores.

Tony Kanaan manteve a mesma pegada dos treinos livres e seguiu bem no meio do pelotão. O baiano vai partir da 11ª posição na corrida deste domingo.

Matheus Leist teve um resultado bem melhor que o projeto nos treinos livres. O gaúcho parece ter se livrado dos problemas no carro e andou bem no primeiro grupo, batendo na trave para passar de fase e, assim, ficando com o 14º lugar no grid de largada.

Alexander Rossi fez a pole com tranquilidade (Foto: Indycar)

Confira como foi a definição do grid de largada

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O primeiro grupo da definição do grid de largada da Indy em Long Beach começou 19h33 (em Brasília). Nele estavam: Josef Newgarden, Robert Wickens, Scott Dixon, Tony Kanaan, Graham Rahal, Zachary Claman De Melo, Jordan King, Charlie Kimball, Ryan Hunter-Reay, Max Chilton, Jack Harvey e Gabby Chaves.

 
Não demorou muito para que Hunter-Reay e Newgarden mostrassem que eram mesmo os favoritos da sessão, tomando a dianteira com 1min08s4 e 1min08s9, respectivamente. Mas ainda havia margem para bem mais.
 
Hunter-Reay e Newgarden, novamente juntos, se garantiram completamente na segunda fase, rompendo a barreira de 1min08s junto com Dixon e Wickens. Rahal e King ficaram um pouco acima, mas também se garantiram.
 
Sem qualquer surpresa, Jones puxou a fila dos eliminados com Chilton, Harvey, Chaves, Claman De Melo e Kimball.
Max Chilton caiu fora rapidinho em Long Beach (Foto: Indycar)

Kanaan avança e Leist bate na trave no Grupo 2

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O segundo grupo foi para a pista logo depois, com uma relação de pilotos mais forte que a anterior. Nele estavam: Matheus Leist, James Hinchcliffe, Will Power, Tony Kanaan, Sébastien Bourdais, Spencer Pigot, Simon Pagenaud, Alexander Rossi, Takuma Sato, Kyle Kaiser, Zach Veach e Marco Andretti.

 
Assim como no grupo 1, os grandes favoritos trataram de ditar o ritmo da turma desde o começo. Rossi seguia impressionante, virando 1min07s8 e levando consigo Power. Pagenaud também aparecia logo atrás.
 
Hinchcliffe até chegou a assustar os ponteiros virando 1min07s6, mas não demorou muito para que Alexander retomasse o controle das ações, girando em 1min07s172. Power também passava o canadense da Schmidt Peterson, mas os três avançavam sem problemas. Com eles, Bourdais e Kanaan. 
 
Leist tinha tudo para avançar surpreendentemente, mas Bourdais o tirou da zona de classificação já com o cronômetro zerado. Além do gaúcho, ficaram de fora Veach, Pigot, Andretti, Sato e Kaiser.
Matheus Leist quase passou de fase (Foto: Indy)

Power voa e Kanaan cai na segunda fase

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A segunda fase da classificação demorou uns cinco minutos para começar. Nela estavam três Penske, duas Schmidt Peterson, duas Andretti, a Carpenter de King, a Ganassi de Dixon, a RLL de Rahal, a Foyt de Kanaan e a Dale Coyne de Bourdais, uma grande variedade de times.

 
Rossi não quis saber de brincadeira e já tratou de registrar 1min07s172 para passar de fase. As demais vagas seguiam abertas, mas Power, Dixon, Newgarden e Hunter-Reay mostravam força.
 
Hunter-Reay se complicava na briga tomando um drive-through na 'hora H' por sair dos boxes cortando a linha. Lá na frente, Newgarden virava líder com 1min06s883 e puxava Rossi junto, que cravava uma volta 0s01 pior que o rival. Os dois já estavam dentro, com Hinch, Rahal e Wickens em ótima situação.
 
Só que os carros estavam muito rápidos. Hunter-Reay até chegou a tirar um coelho da cartola na última volta que sobrou para ele, mas ainda acabou em sétimo, barrado por Dixon no apagar das luzes. Rossi, Newgarden, Pagenaud e Rahal também avançaram, além de um Power que voava para virar 1min06s571.
 
Além de Hunter-Reay, Hinch, Bourdais, Wickens, Kanaan e King também rodaram, ficando entre o sétimo e o 12º lugar do grid.
Josef Newgarden poderia ter brigado com Alexander Rossi. Poderia (Foto: Indycar)

Newgarden erra e Rossi passeia para ser pole

O Fast Six veio com cinco pilotos partindo direto para a pista. O único que não saiu foi Rossi, que estava poupando equipamento, aparentemente, para uma única volta. 

Power e Pagenaud começaram na frente, com Dixon e Rahal dando giros altos e Newgarden se aquecendo para algo melhor. Acontece que o americano da Penske errou na volta decisiva e ficou pronto para o sexto lugar.

Quando o 1-2 da Penske se desenhava com Power e Pagenaud, Rossi saiu para sua tentativa única. E que tentativa fenomenal. O americano atropelou a turma toda e botou mais de 0s3 em cima da Penske. Um passeio.


Indy, GP de Long Beach, Grid de Largada:
1 27 Alexander ROSSI EUA Andretti Honda 1:06.553  
2 12 Will POWER AUS Penske Chevrolet 1:06.905 +0.352
3 22 Simon PAGENAUD FRA Penske Chevrolet 1:06.911 +0.358
4 9 Scott DIXON NZL Ganassi Honda 1:07.048 +0.495
5 15 Graham RAHAL EUA RLL Honda 1:07.128 +0.575
6 1 Josef NEWGARDEN EUA Penske Chevrolet 1:07.192 +0.639
7 28 Ryan HUNTER-REAY EUA Andretti Honda 1:07.142 +0.589
8 5 James HINCHCLIFFE CAN Schmidt Peterson Honda 1:07.190 +0.637
9 18 Sébastien BOURDAIS FRA Dale Coyne Honda 1:07.194 +0.641
10 6 Robert WICKENS CAN Schmidt Peterson Honda 1:07.229 +0.676
11 14 Tony KANAAN BRA Foyt Chevrolet 1:07.348 +0.795
12 20 Jordan KING ING Carpenter Chevrolet 1:07.643 +1.090
13 10 Ed JONES ING Ganassi Honda 1:08.384 +1.831
14 4 Matheus LEIST BRA Foyt Chevrolet 1:08.162 +1.609
15 59 Max CHILTON ING Carlin Chevrolet 1:08.717 +2.164
16 26 Zach VEACH EUA Andretti Honda 1:08.176 +1.623
17 60 Jack HARVEY ING Michael Shank Honda 1:08.821 +2.268
18 21 Spencer PIGOT EUA Carpenter Chevrolet 1:08.274 +1.721
19 88 Gabby CHAVES COL Harding Chevrolet 1:08.862 +2.309
20 98 Marco ANDRETTI EUA Andretti Honda 1:08.529 +1.976
21 19 Zachary CLAMAN DE MELO CAN Dale Coyne Honda 1:09.143 +2.590
22 30 Takuma SATO JAP RLL Honda 1:08.634 +2.081
23 23 Charlie KIMBALL EUA Carlin Chevrolet 1:09.748 +3.195
24 32 Kyle KAISER EUA Juncos Chevrolet    
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube