McLaughlin surpreende Herta no fim e lidera TL1 em Laguna Seca. Fittipaldi é 5º

Scott McLaughlin surgiu na reta final do treino livre 1 para desbancar Colton Herta e ficar com o tempo mais rápido. A grata surpresa do dia foi Pietro Fittipaldi, que ficou no top-5

O neozelandês Scott McLaughlin, da Penske, liderou o primeiro treino livre do GP de Laguna Seca da Indy, realizado no início da noite desta sexta-feira (21) em Monterey, na Califórnia. Com o tempo de 1min07s632, anotado já com menos de 90 segundos para o fim da sessão, o piloto desbancou o americano Colton Herta, da Andretti, para ficar no topo da atividade.

Herta, que venceu em Laguna Seca em 2019 e 2021, acabou amargando a segunda posição ao cravar 1min07s731, mas à frente do atual campeão Álex Palou, que levou a Ganassi ao terceiro lugar com a marca de 1min07s737. Atual duas vezes vencedor da Indy 500, Josef Newgarden ficou com o quarto lugar pela Penske.

Relacionadas


O brasileiro Pietro Fittipaldi foi uma das gratas surpresas da atividade. Com a RLL, ele voou na reta final utilizando pneus macios e ocupou a quinta colocação no treino, com a marca de 1min08s002, apenas 0s007 à frente do mexicano Pato O’Ward, de que foi a melhor McLaren do dia.

Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Colton Herta (Foto: IndyCar)

O americano Kyle Kirkwood ficou no sétimo lugar com a Andretti, à frente do compatriota Alexander Rossi, de McLaren. O neozelandês Marcus Armstrong levou a Ganassi ao nono lugar, enquanto o top-10 foi completado pelo australiano Will Power, que atualmente lidera o campeonato com a Penske.

O GP de Laguna Seca retorna neste sábado com o segundo treino livre, agendado para 14h00. Já a classificação acontece a partir das 18h25, com cobertura completa do GRANDE PRÊMIO.

Saiba como foi o treino livre 1 do GP de Laguna Seca:

A bandeira verde para os 75 minutos de treino livre 1 foi acionada às 18h00 (de Brasília, GMT-3). Porém, a pista ficou mais animada mesmo após os primeiros 10 minutos. Quem iniciou o dia surgindo na primeira posição foi Linus Lundqvist, da Ganassi, com o tempo de 1min09s478. Entre as primeiras escapadas, Agustin Canapino, de Juncos, acabou rodando, mas voltou para a pista rápido.

Muito ativa nos primeiros minutos, a RLL subiu ao topo com Graham Rahal, que anotou 1min09s037. Quando restavam 52 minutos para o fim, veio a primeira bandeira vermelha do dia. De volta ao grid com a Meyer Shank, David Malukas rodou sozinho na curva 1. A interrupção foi rápida, com menos de dois minutos.

Quem tirou Rahal da ponta foi Kyle Kirkwood, de Andretti, que cravou 1min08s642. Em seguida, vinha uma penca de carros de motor Chevrolet: Romain Grosjean, Rinus VeeKay, Scott McLaughlin e Alexander Rossi. Porém, a liderança seguia nas mãos da Honda, agora com a Ganassi de Álex Palou. O tempo do espanhol foi 1min08s566.

De Foyt, Santino Ferrucci gerou um momento curioso. O piloto rodou na saída da curva Saca-Rolhas e deixou o carro descer de ré, para eventualmente recuperar e manter o motor girando, sem causar intervenção de bandeira amarela. Canapino foi outro a escapar no trecho, passando pela terra.

Com 30 minutos restantes para o fim da atividade, a liderança seguia nas mãos de Palou. Ele era seguido por Kirkwood, Grosjean, VeeKay, McLaughlin, Herta, Newgarden, Rossi, Rosenqvist e Armstrong. O top-10 era separado por apenas 0s420.

A bandeira vermelha veio novamente, agora por causa de Pato O’Ward. O mexicano rodou sozinho na curva 5 e parou na caixa de brita, precisando da ajuda do time de resgate. Foram pouco mais de 3 minutos de interrupção até o retorno da atividade, sem pausa no cronômetro.

Faltavam menos de 20 minutos para o fim quando a Andretti deu as caras, ocupando as duas primeiras posições utilizando os pneus macios. Marcus Ericsson subiu ao primeiro posto com 1min08s234, enquanto Kirkwood veio com 1min08s352. Porém, a Penske também surgiu, agora com Josef Newgarden, anotando 1min08s158.

Vencedor do GP de Laguna Seca em 2019 e 2021, Colton Herta anotou 1min07s731, obliterando a marca de Josef e pulando para a ponta. Quem surpreendeu foi Pietro Fittipaldi, que também de macios, apareceu no terceiro lugar com 1min08s002. O tempo acabou superado por Palou, derrubando o brasileiro da RLL para quarto.

A expectativa de Herta em terminar na ponta acabou derrubada com menos de 90 segundos para o fim da sessão. Scott McLaughlin surgiu com 1min07s632 para assumir a liderança.

INDY 2024, GP DE LAGUNA SECA, TREINO LIVRE 1:

1S McLAUGHLINPenske Chevrolet1:07.632 
2C HERTAAndretti Honda1:07.731+0.099
3A PALOUGanassi Honda1:07.737+0.105
4J NEWGARDENPenske Chevrolet1:07.880+0.248
5P FITTIPALDIRLL Honda1:08.002+0.370
6P O’WARDMcLaren Chevrolet1:08.009+0.377
7K KIRKWOODAndretti Honda1:08.045+0.413
8A ROSSIMcLaren Chevrolet1:08.077+0.445
9M ARMSTRONGGanassi Honda1:08.081+0.449
10W POWERPenske Chevrolet1:08.160+0.528
11C LUNDGAARDRLL Honda1:08.163+0.531
12M ERICSSONAndretti Honda1:08.176+0.544
13A CANAPINOJuncos Chevrolet1:08.177+0.545
14C RASMUSSENCarpenter Chevrolet1:08.245+0.613
15R VEEKAYCarpenter Chevrolet1:08.268+0.636
16R GROSJEANJuncos Chevrolet1:08.363+0.731
17G RAHALRLL Honda1:08.473+0.841
18S DIXONGanassi Honda1:08.480+0.848
19S FERRUCCIFoyt Chevrolet1:08.654+1.022
20K SIMPSONGanassi Honda1:08.654+1.022
21L LUNDQVISTGanassi Honda1:08.707+1.075
22S RAY ROBBFoyt Chevrolet1:08.783+1.151
23F ROSENQVISTMeyer Shank Honda1:08.891+1.259
24J HARVEYDale Coyne Honda1:08.974+1.342
25D MALUKASMeyer Shank Honda1:09.020+1.388
26L GHIOTTODale Coyne Honda1:09.595+1.963
27N SIEGELMcLaren Chevrolet1:10.001+2.369
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Indy direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.