Indy

Sem conhecer sambódromo, prefeito do Rio põe ‘carro da Indy’ na frente dos bois ao falar em corrida

O anúncio do prefeito do Rio de Janeiro de que a cidade receberia a Indy em 2020 levantou dúvidas. A categoria garante que não há nada acertado e vem tendo um tratamento com a possível etapa bem diferente do que tem com Surfers Paradise, essa, sim, com grandes chances de aparecer em 2020
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Circuito da Indy no Rio de Janeiro utilizaria trechos do sambódromo e da Avenida Presidente Vargas (Foto: Reprodução)
A Indy vem mesmo para o Rio de Janeiro em 2020? No Paddock GP, Guilherme Bloisi analisou que a prefeitura colocou o carro na frente dos bois ao anunciar um acordo que ainda não está fechado e, como lembrou Gabriel Curty, sequer é tratado abertamente pela categoria, diferentemente do que acontece com Surfers Paradise, outra pista cotada para 2020, mas que parece bem mais próxima. Victor Martins lembrou que também há dois detalhes que estão no entorno que pesam contra: quem está por trás da corrida e a Justiça americana.
 
O assunto foi discutido na edição #146 do PADDOCK GP, programa de debates do GRANDE PRÊMIO.