2º em Phillip Island, Crutchlow aponta falhas, mas entende como fundamental teste de pneus

Cal Crutchlow foi o segundo mais rápido em Phillip Island nesta segunda-feira (3) e disse que enfrentou alguns problemas com um dos compostos fornecidos pela Bridgestone. Ainda assim, valorizou a iniciativa de testar os pneus antes do início da temporada

Com uma pilotagem mais agressiva nesta segunda-feira (3) em Phillip Island, onde a MotoGP realiza testes de pneus, Cal Crutchlow protagonizou alguns momentos de tensão ao evitar algumas quedas feias durante as atividades, mas insistiu que o desempenho serve também de ajuda para a Bridgestone entender o comportamento de seus compostos.

O foco dos treinos desta semana é o desenvolvimento dos produtos da fabricante nipônica, depois dos problemas apresentados na etapa de 2013 na Austrália. E Crutchlow, pilotando a Ducati, foi o segundo mais rápido do dia, 0s3 atrás de Jorge Lorenzo, o líder da sessão.

Cal Crutchlow testou também em Phillip Island com a Ducati (Foto: Getty Images)

"Primeiro, usamos os pneus da corrida do ano passado e eu não tive absolutamente nenhum problema. Fui muito bem com eles", disse o inglês. "A aderência era um pouco menor de manhã, mas fiquei satisfeito. Depois, começamos a fazer algumas mudanças na moto e testar os pneus novos", completou.

"Acredito que os demais estavam em um programa diferente do nosso. Nós trabalhamos com o pneu de construção diferente, enquanto os outros na borracha em si. E o primeiro é muito pior, pode acreditar. Não havia aderência alguma. Com o meu estilo de pilotagem, eu gosto de deitar mais nas curvas, como Lorenzo, a aderência lateral é importante. Mas ele testou a borracha hoje e eu o outro tipo. Aparentemente vamos trocar amanhã. E ver se melhora", acrescentou.

Apesar de ter conseguido evitar muitos acidentes hoje, Crutchlow salientou que a chance de informar o fabricante sobre o que acontece com os pneus é essencial. "É muito importante passar todos esses dados para a Bridgestone antes do início da temporada", disse o britânico.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube