Agora com Lorenzo, Márquez rejeita selo de “time dos sonhos” e aponta: “Resultados é que são importantes”

Marc Márquez rejeitou o selo de ‘time dos sonhos’ para sua parceria com Jorge Lorenzo e avaliou que o resultado é a única coisa que importa. O #93 voltou a dizer que não sente necessidade de mudar de equipe

Marc Márquez não quer saber do rótulo de ‘time dos sonhos’. Na visão do #93, o que pesa no fim do ano é o resultado e não o currículo de cada um dos pilotos da Honda.
 
Nesta quarta-feira (23), a marca nipônica apresentou seu time para 2019 em um evento que contou com a presença de Mick Doohan e Alex Crivillé para marcar os 25 anos de parceria com a Repsol.
Lorenzo e Márquez, os novos companheiros (Foto: Reprodução)
“Estar neste time significa lutar por vitórias, pódios e pelo campeonato. Se isso não acontece, é de fato um fracasso”, disse Márquez. “Você pode falar de ‘time dos sonhos’ ou o que quer que seja, mas os resultados é que são importantes”, ponderou.
 
“Então espero que possamos celebrar algo bonito no fim do ano”, seguiu. “Então isso é ótimo se você consegue no fim do ano, mas do contrário…”, comentou.
 
Ainda, Márquez voltou a afirmar que não sente necessidade de mudar de equipe, já que tem tudo de que necessita na Honda.
 
“Eu estou no melhor time, meu time dos sonhos, e não tenho motivo para mudar”, afirmou. “Especialmente a família, essa união que temos e a relação com a Honda e a Repsol”, concluiu.

#GALERIA(9631)

 
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.