Agostini defende Rossi após queixa de Lorenzo por manobra na Itália: “Ninguém que entende de moto pode lhe dar razão”

Giacomo Agostini defendeu Valentino Rossi após Jorge Lorenzo acusar o companheiro de Yamaha de tê-lo ultrapassado de forma muito agressiva no GP de San Marino e da Riviera de Rimini. Ex-piloto avaliou que ninguém que entende de corridas de moto pode dar razão ao espanhol

Jorge Lorenzo caçou mais uma polêmica com Valentino Rossi. No último domingo (11), após o GP de San Marino e da Riviera de Rimini, o #99 acusou o companheiro de equipe de tê-lo ultrapassado de maneira muito agressiva, o que acabou criando um novo ‘climão’ no Mundial.
 
Durante a coletiva de imprensa pós-corrida, a dupla da Yamaha foi questionada sobre a ultrapassagem. Rossi contou que queria mudar a história de Mugello, quando sofreu uma quebra de motor rodando atrás do #99, e, por isso, optou por deixar o rival logo para trás.
Giacomo Agostini defendeu Rossi das queixas de Lorenzo (Foto: Yamaha)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Lorenzo, por sua vez, afirmou que Valentino não tinha motivo para ultrapassar de forma agressiva, mas despertou a ira do #46 ao declarar que “tem pilotos que ultrapassam de forma mais limpa”.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Separada por Dani Pedrosa, sentado justamente no meio dos dois, a dupla da Yamaha iniciou um debate, com Rossi dizendo que as criticas de Lorenzo eram injustificadas e com espanhol alegando que tinha direito a sua opinião.
 
Depois, o multicampeão afirmou que não vai “permitir que Lorenzo diga que sou um piloto sujo quando ultrapasso, porque não é verdade”.
 
Falando à publicação italiana ‘La Gazzetta dello Sport’, Agostini, que soma 15 títulos no Mundial de Motovelocidade, se posicionou a favor de Valentino e disse não entender a queixa de Jorge.
 
“Não entendo as queixas de Jorge. Em Misano, você tem de ultrapassar dessa forma, não pode tirar vantagem do vácuo”, disse Ago. “Ele não viu o que aconteceu em Silverstone?”, questionou, se referindo à disputa entre Rossi e Marc Márquez no GP da Grã-Bretanha. 
 
“Se Jorge se queixa de uma ultrapassagem como essa, significa que ele nunca mais vai ultrapassar”, disparou.
 
Giacomo ainda tentou contemporizar, lembrando que o espanhol talvez estivesse nervoso com a derrota ou com as vaias que ouviu no pódio, mas lembrou que se comportando dessa forma, o #99 só vai conseguir uma reação maior da torcida.
 
“Ele provavelmente estava nervoso por ser vencido ou, talvez, pelas vaias no pódio, mas se ele logo vem com esses ataques, não tem que ficar surpreso com as vaias”, comentou. “Ninguém que entende algo de motos pode lhe dar razão”, concluiu.
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube