Apontado como “decisivo” em mudança, Dall’Igna chama Lorenzo de “gênio” e garante: “Nossa moto é boa para ele”

Jorge Lorenzo nem começou seu trabalho na Ducati ainda, mas o clima entre a equipe e o piloto parece estar um mar de rosas. Nesta sexta-feira (22), o espanhol afirmou que o chefe do time é um gênio por todos os bons resultados que já conquistou. Devolvendo no mesmo tom, o dirigente afirmou que o verdadeiro gênio é o bicampeão

A parceria entre Jorge Lorenzo e a Ducati ainda não começou oficialmente, mas o clima entre os dois lados já parece perfeito. Nesta sexta-feira (22), o piloto não poupou elogios ao chefe da equipe, que respondeu no mesmo tom.
 
Nesta semana, a confirmação de que o espanhol deixaria a Yamaha para ir para a nova casa a partir da temporada 2017 foi confirmada. Com isso, uma importante vaga ao lado de Valentino Rossi foi aberta, e especulações já começaram.
 
No entanto, deixando todos os burburinhos de lado, Lorenzo já se mostra bastante empolgado com o trabalho que começará no próximo ano, e deixando claro que o dirigente foi parte importante de sua decisão. “Com Gigi eu sempre tive um bom relacionamento”, contou.
Gigi Dall'Igna (Foto: Ducati)
“Para mim ele sempre foi um gênio como engenheiro, de muito sucesso em qualquer categoria ou fábrica que trabalhou. Agora temos um novo desafio, que é vencer na MotoGP. A evolução da Ducati a cada ano tem sido muito animadora. Então Gigi tem uma enorme influência em minha decisão. É arriscada, mas calculada”, continuou.
 
É claro que Dall’Igna não ficaria atrás nos cumprimentos. O italiano afirmou que não concorda totalmente com Lorenzo, pois ele não é um gênio, mas sim a equipe que trabalha bem junta, e completou dizendo que o piloto é um verdadeiro gênio.
 
“Primeiro de tudo eu gostaria de agradecer Jorge por suas palavras, mas é claro que não penso que sou um gênio. Estou convencido de que sou capaz de ajudar todas as pessoas que trabalham comigo para darem o seu melhor”, explicou.
 
“Provavelmente estou cercado por gênios, pois estou convencido que todo o pessoal da Ducati tem um nível muito alto. Então acredito que o trabalho que fizemos nos últimos dois ou três anos não é só por minha causa, mas sim porque somos um grupo real que trabalha junto, com um objetivo a ser alcançado”, completou.
 
“Jorge é com certeza um dos melhores pilotos do mundo. Ele tem algumas características especiais e sei muito bem elas, pois já trabalhei com ele por um longo tempo. Acho que a moto no momento pode dar a ele o que ele precisa para ser rápido na pista, e com certeza teremos que adaptá-la um pouco ao seu estilo de pilotagem, mas acredito que ele pilotará da melhor maneira, pois ele é um verdadeiro gênio”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube