Após cirurgia no osso escafoide da mão direita, Bradl fica de fora do GP da Alemanha. Corti assume vaga

Claudio Corti foi o escolhido para assumir a vaga de Stefan Bradl na Forward para o GP da Alemanha. Após acidente na Holanda e cirurgia no osso escafoide da mão direita, o alemão não se recuperou a tempo e vai perder a corrida de casa

Stefan Bradl vai ficar de fora da sua etapa de casa da MotoGP neste final de semana. O alemão, que se machucou durante a última prova em Assen, vai ser substituído pelo italiano Claudio Corti na Forward no GP da Alemanha deste domingo (12).
 
Em um acidente durante o GP da Holanda, Bradl acabou fraturando o osso escafoide da mão direita. Como ainda não estará completamente recuperado da cirurgia que teve de realizar na segunda-feira passada e ainda está sofrendo com dores, Bradl cederá lugar a Corti em Sachsenring. 
 
“É uma grande tristeza ficar de fora justamente da minha corrida de casa, mas os médicos me disseram para eu não forçar uma recuperação mais rápida e, assim, prejudicar todo o resto do ano”, disse Bradl.
 
Mesmo fora da prova, o piloto garantiu que não vai deixar de aparecer no circuito. 
 
“De qualquer forma, estarei em Sachsenring com o meu time. Cumprirei minha agenda com patrocinadores e o time e, especialmente, retribuirei todo o carinho que recebi dos meus fãs especialmente nesta semana difícil da cirurgia”, completou.
Claudio Corti voltará à Forward para o GP da Alemanha. O italiano substitui Stefan Bradl (Foto: Forward)
Corti passou três temporadas na Moto2 e teve como melhor resultado final um 14º lugar em 2012. Aquele também foi o ano em que atingiu a melhor posição em uma corrida: segundo lugar no GP da França.
 
Na temporada 2013, Corti esteve na Forward, já pela MotoGP e tendo Colin Edwards como companheiro de time. O italiano fechou o ano em 19º, anotando 14 pontos. Seu melhor resultado foi um 12º lugar no GP da Catalunha.
 
“Eu não tenho como esconder a minha felicidade por estar de volta a uma moto da categoria. Muito obrigado ao time inteiro pela oportunidade e torço para que Stefan se recupere logo”, disse o piloto de 28 anos.
 
Corti, que em 2014 vestiu as cores da MV Agusta no Mundial de Superbike e ficou em 17º no campeonato, garantiu empenho no GP da Alemanha.
 
“Vou retribuir toda a confiança com trabalho muito duro. Darei o meu melhor na pista. Guiar esta moto será um novo desafio para mim, mas me sinto pronto e espero sair de lá com um bom resultado”, afirmou.
 
De fora da próxima prova, Bradl aparece na 19ª posição na classificação geral da MotoGP. O alemão anotou, até aqui, nove pontos. 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube