Após decepção em Montmeló, Granado torce por adaptação rápida e destaca velocidade em Assen

Depois de resultado ruim na Catalunha, Eric Granado espera se adaptar rapidamente ao circuito de Assen neste fim de semana. Brasileiro correu na Holanda no ano passado pela Moto2

Acompanhe a cobertura do GP da Holanda no GRANDE PRÊMIO
Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

A Moto3 desembarca neste fim de semana em Assen, na Holanda, para a sétima etapa da temporada 2013. Depois de somar seus primeiros pontos no Mundial em Mugello, Eric Granado não conseguiu repetir o mesmo bom desempenho em Montmeló, mas agora espera conseguir voltar à zona de pontuação.
Granado correu em Assen no ano passado com a Moto2 (Foto: Aspar)
Às vésperas da prova holandesa, Granado lembrou que correu no circuito de Assen no ano passado com a Moto2 e espera se adaptar rapidamente com sua Kalex KTM. 
 
“Assen é um circuito bem rápido e imagino que o primeiro setor será a todo vapor em uma moto da Moto3”, avaliou. “Rodei lá no ano passado na Moto2, então espero que possa me adaptar rapidamente com a nova moto”, comentou. 
 
“A última corrida não foi como nós esperávamos e nós tivemos mais dificuldade do que esperávamos para encontrar o ritmo”, explicou. “Felizmente nós tivemos tempo desde então para analisar o que aconteceu e trabalhar no que precisamos para a próxima corrida.” 
 
Por fim, Eric explicou que treinou com motocross e alguns exercícios para concentração, e espera que isso dê resultados já neste fim de semana. 
 
“Fiz um pouco de motocross na semana passada e alguns exercícios para melhorar minha concentração. Tenho certeza de que todo este trabalho duro vai me ajudar neste fim de semana”, encerrou. 
Venha trabalhar no GRANDE PRÊMIO! Inscreva-se já no Grande Estagiário 6

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube