Após fase ruim, Lorenzo celebra primeira fila em Jerez e ressalta: “A coisa mais importante é largar bem”

Superada a fase problemática da temporada, Jorge Lorenzo colocou a Yamaha na primeira fila do grid de Jerez de la Frontera. Espanhol avaliou que tem ritmo para brigar pela ponta no GP da Espanha

A cobertura completa do GP da Espanha no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
As imagens deste sábado de Mundial de Motovelocidade em Jerez

Jorge Lorenzo dominou 99% do treino classificatório deste sábado (3), mas uma bela volta de Marc Márquez acabou tirando o piloto da Yamaha da pole-position já nos instantes finais da sessão. 0s421 mais lento que o piloto da Honda, o bicampeão da MotoGP celebrou o posto na primeira linha e explicou que o comportamento do segundo conjunto de pneus que usou o impediu de melhorar sua marca.
 
“Nós demos o nosso melhor para fazer o melhor tempo de volta, mas, infelizmente, não foi a mesma coisa com o segundo pneu –  não sei por que –, escorregava mais, e é por isso que eu não melhorei a minha volta”, justificou. “A meta era ficar na primeira fila. Isso era importante”, frisou. 
Jorge Lorenzo vai disputar o GP de número 200 da carreira neste fim de semana (Foto: Yamaha)
“Obviamente, a pole-position seria melhor, mas a coisa mais importante é largar bem amanhã”, ponderou.
 
Neste domingo, além de completar 27 anos, Lorenzo também fará o GP de número 200 da carreira no Mundial de Motovelocidade e acredita que tem ritmo para brigar pela ponta. 
 
“Acho que temos um bom ritmo, então, definitivamente, podemos brigar na frente”, considerou. “Será importante ficar próximo da ponta nas primeiras duas voltas, o pneu traseiro vai perder muito rendimento, mas me sinto bem fisicamente como no ano passado, o que será muito importante para a corrida”, terminou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube