Após segundo pódio pela Ducati, Lorenzo rejeita paralelo com temporada de estreia de Rossi: “Não se pode comparar”

Após conquistar em Aragão seu segundo pódio pela Ducati, Jorge Lorenzo rejeitou comparações com a temporada de estreia de Valentino Rossi na casa de Bolonha. Espanhol avaliou que a MotoGP e a Desmosedici são muito diferentes daquela época

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Jorge Lorenzo rejeitou comparações entre sua temporada e a estreia de Valentino Rossi pela Ducati. No entender do #99, os tempos são outros e impedem qualquer tipo de paralelo.
 
No domingo (24), Lorenzo conquistou seu segundo pódio pela Ducati e soma 106 pontos na classificação do Mundial. Em 2011, quando estreou pela casa de Bolonha, Rossi conquistou um único pódio ― um terceiro lugar no GP da França ― e somou 139 pontos ao longo das primeiras 14 etapas.
Jorge Lorenzo não quis comparar sua temporada com a de estreia de Rossi pela Ducati (Foto: Ducati)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“A MotoGP mudou tanto que não se pode comparar”, avaliou Lorenzo. “Antes, tinham cinco pilotos competitivos e você podia acabar em quinto a 40s do vencedor. Agora, se você acaba 30s atrás, está fora da zona de pontuação”, seguiu.
 
“Não se pode comparar nem as motos, nem a competitividade que tinha a Ducati com a que tem agora”, concluiu.
 
Em 2011, a Ducati somou 153 pontos nas primeiras 14 etapas do Mundial de Construtores, número que chega a 248 em 2017. Na disputa de Equipes, o placar é de 235 a 314 em favor da temporada atual.

#GALERIA(7196)
 
’SOLDADINHO’ DA PENSKE?

CASTRONEVES TEM FALTA DE TÍTULO COMO MANCHA NA CARREIRA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube