Aprilia perde direito a concessões na MotoGP com pódio de Aleix Espargaró em Jerez

2.590 dias de voltar à classe rainha do Mundial de Motovelocidade, a casa de Noale perdeu direito às benesses regulamentares que a permitiram ser uma protagonista na MotoGP. Fim deste direito é reflexo dos quatro pódios conquistados por Aleix Espargaró desde o ano passado

CAMPEÃO X VETERANO: QUEM DEVE ORIENTAR EVOLUÇÃO DA YAMAHA NA MOTOGP?

Demorou 2.590 dias entre a estreia desta nova fase no Mundial no GP do Catar de 2015 e a corrida deste fim de semana, mas a Aprilia perdeu neste domingo (1) o direito a usufruir das concessões previstas no regulamento da FIM (Federação Internacional de Motociclismo). Com o terceiro lugar de Aleix Espargaró no GP da Espanha, a casa de Noale chegou a seis pontos de concessão e, assim, não poderá mais contar ― imediatamente ou não ― com as benesses que lhe permitiram dar competitividade à RS-GP.

O código da federação internacional determina que construtores que entram na categoria pela primeira vez a partir de 2013, ou que não vencem em pista seca desde então, têm uma série de benefícios, como o uso de nove motores descongelados por pilotos ― contra sete congelados dos demais ―, testes ilimitados com os titulares ― com uma limitação referente apenas à quantidade de pneus disponível ― e um máximo de seis wild-cards por ano.

CLASSIFICAÇÃO DA MOTOGP
▶️ Quartararo se isola na liderança da MotoGP 2022

Aleix Espargaró garantiu o fim das concessões para a Aprilia (Foto: Aprilia)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O recebimento ou a remoção destas concessões, porém, estão atrelados aos resultados, com pista seca ou molhada, levando em conta todos os pilotos que usam equipamento de cada construtor. Os pontos, que têm validade de dois anos, são distribuídos com base em pódios, sendo que a vitória vale três pontos; o segundo lugar, dois; e o terceiro, três.

No caso da Aprilia, Aleix Espargaró somou o primeiro ponto de concessão ainda no ano passado, com um terceiro lugar no GP da Grã-Bretanha. Depois, no GP da Argentina, vieram outros três, com uma vitória. Nos GPs de Portugal e da Espanha, o catalão acrescentou os dois tentos que faltavam.

Agora, a Aprilia perde imediatamente o direito a dias de testes ilimitados e passa a esta sujeita às mesmas restrições dos demais construtores. Além disso, a partir de 2023, os italianos também não poderão usar o piloto de testes para avaliações em qualquer circuito do calendário e terão de escolher apenas três pistas, como já fazem Ducati, Yamaha, Suzuki, KTM e Honda.

Também a partir de 2023, a Aprilia passa a ter um limite de sete motores congelados por ano e não pode mais fazer seis wild-cards, apenas três.

Gerente de corrida da Aprilia, Paolo Bonora celebrou o resultado e exaltou a atuação de Aleix em Jerez.

“É um resultado absolutamente maravilhoso”, disse Bonora. “Ele fez uma corrida muito boa, tentou controlar o ritmo. Com certeza, viu o ritmo dele, então tentou tirar o máximo na última parte da corrida e fez isso foi muito bom. Fantástico”, encerrou.

ASSISTA
Marc Márquez se salva de queda no final do GP da Espanha e garante 4º lugar
Kelso é derrubado por moto de Rossi após toque com Ortolá no warm-up da Moto3

EUROPA X JAPÃO NA MOTOGP: CHEGOU A HORA DA REAÇÃO DAS GIGANTES YAMAHA, HONDA E SUZUKI?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar