Arenas coloca KTM na ponta no primeiro treino da Moto3 em Misano. Kawakami é 31º

Com 1min42s824, Albert Arenas colocou a KTM na liderança do primeiro treino livre da Moto3 para o GP de San Marino e da Riviera de Rimini. 0s121 mais lento, Niccolò Antonelli ficou em segundo, com Gabriel Rodrigo fechando o top-3. Wild-card, Meikon Kawakami sofreu uma queda nos primeiros minutos da sessão e acabou apenas com o 31º tempo

Albert Arenas ditou o ritmo no primeiro treino da Moto3 em Misano. O piloto da Ángel Nieto superou um pelotão de Hondas na manhã desta sexta-feira (13) para colocar a KTM no topo da folha de tempos.
 
Com 1min42s824 na penúltima de suas 15 voltas, Arenas fechou a manhã com 0s121 de margem para Niccolò Antonelli, o segundo colocado, Gabriel Rodrigo fecha o top-3.
Albert Arenas (Foto: Ángel Nieto)
0s235 atrás do líder, Tony Arbolino fez o quarto registro, seguido por Lorenzo Dalla Porta e Arón Canet, que ficaram separados por só 0s009. Romano Fenati ficou com a sétima colocação, com John McPhee, Ai Ogura e Filip Salac fechando o top-10.
Wild-card em Misano, Meilkon Kawakami sofreu uma queda ainda nos primeiros minutos e atividade e completou apenas sete voltas nesta manhã. Com a melhor delas em 1min46s331, o brasileiro ficou apenas em 31º, 3s507 atrás do líder.
 

O GP de San Marino e da Riviera de Rimini de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #33
10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Saiba como foi o treino livre 1 da Moto3 em Misano:
 
A sexta-feira amanheceu com sol em Misano. Quando a Moto3 entrou na pista, os termômetros marcavam 23°C, com o asfalto chegando a 18°C.
 
Correndo em casa, Romano Fenati começou a sessão com o pé direito e se manteve na ponta nos primeiros minutos, 0s113 melhor que Tatsuki Suzuki, o segundo colocado. Quando o #55 seguiu para o primeiro pit-stop, Andrea Migno foi a 1min43s846 e assumiu o comando.
 
Ainda no início da sessão, Can Öncü sofreu uma queda sem consequências na curva 2. Pouco depois, foi Meikon Kawakami quem caiu na curva 6, mas o brasileiro escapou ileso.
 
0s057 melhor que Migno, Suzuki tomou brevemente a ponta, mas logo foi superado por Albert Arenas, que virou 0s150 mais rápido.
Suzuki logo deu o troco, mas foi superado por Kaito Toba, que foi a 1min43s635 para ficar com o topo da tabela. Jaume Masià foi para a primeira rodada de pit-stops com o terceiro posto, seguido por Migno, Tony Arbolino, Lorenzo Dalla Porta, John McPhee, Arón Canet, Fenati e Arenas. Kawakami tinha o último tempo, mas tinha completado apenas três voltas.

Com pouco mais de dez minutos para o fim da sessão, Toba sofreu uma queda forte ao ser ejetado da Honda na Tramonto, a décima curva de Misano. Os médicos logo partiram para auxiliar Kaito, mas ele levantou sozinho para deixar a pista. 
 
Enquanto isso, Dalla Porta saltou para o terceiro posto, 0s151 mais lento que o líder. Jakub Kornfeil também melhorou e tinha o oitavo tempo, à frente de Gabriel Rodrigo.
 
Já com menos de dois minutos para o fim deste primeiro treino, Canet passou em 1min43s287 e assumiu a ponta, 0s348 melhor que Toba. Fenati também avançou e se colocou em segundo 0s095 mais lento que o #44.
 
Em seguida, então, Albert Arenas virou 0s463 melhor que Canet e assumiu a ponta, com Rodrigo, Niccolò Antonelli e Arbolino formando o top-4. Arón caiu para a quinta colocação.
 

Previsão do tempo para Rimini
GP de San Marino Rimini

Moto3 2019, GP de San Marino e Riviera de Rimini, Misano, treino livre 1:

1 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:42.824  
2 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:42.945 +0.121
3 G RODRIGO RBA KTM 1:42.990 +0.166
4 T ARBOLINO Snipers Honda 1:43.059 +0.235
5 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:43.245 +0.421
6 A CANET MAX KTM 1:43.254 +0.430
7 R FENATI Snipers Honda 1:43.282 +0.458
8 J MCPHEE SIC HONDA 1:43.321 +0.497
9 A OGURA Asia Honda 1:43.434 +0.610
10 F SALAC Prüstel KTM 1:43.552 +0.728
11 A SASAKI PETRONAS Honda 1:43.553 +0.729
12 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:43.630 +0.806
13 K TOBA Asia Honda 1:43.635 +0.811
14 D BINDER CIP KTM 1:43.705 +0.881
15 T SUZUKI SIC58 Honda 1:43.773 +0.949
16 J MASIÀ Worldwide KTM 1:43.815 +0.991
17 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:43.825 +1.001
18 A MIGNO Worldwide KTM 1:43.846 +1.022
19 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:43.917 +1.093
20 K MASAKI RBA KTM 1:44.177 +1.353
21 C VIETTI VR46 KTM 1:44.346 +1.522
22 R ROSSI Gresini Honda 1:44.469 +1.645
23 S NEPA Avintia KTM 1:44.474 +1.650
24 T BOOTH-AMOS CIP KTM 1:44.536 +1.712
25 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:44.611 +1.787
26 D FOGGIA VR46 KTM 1:44.684 +1.860
27 M YURCHENKO RBA KTM 1:44.902 +2.078
28 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda 1:44.941 +2.117
29 E BARTOLINI VR46 KTM 1:45.220 +2.396
30 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:45.739 +2.794
31 M KAWAKAMI Andreas Perez 77 KTM 1:46.331 +3.341
         
REC J MARTÍN Gresini 1:41.823 149.9 km/h
MV A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:42.824 147.9 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 22ºC | pista: 17ºC

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube