MotoGP

Binder surge no fim, bate Gardner e lidera segundo treino da Moto2 em Assen

Brad Binder aproveitou o último suspiro de sessão na Holanda para fechar o dia da Moto2 como o mais rápido. Nesta sexta-feira (28), o piloto apareceu no cronômetro zerado, cravou 1min37s398, bateu Remy Gardner e liderou o segundo treino do dia

Grande Prêmio / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Brand Binder fechou o primeiro dia de atividades na Holanda com o pé direito. Nesta sexta-feira (28), o piloto tratou de anotar a marca de 1min37s398 para se colocar como o mais rápido da Moto2.
 
A sessão, como de costume, começou bastante movimentada em Assen. Diversos nomes passaram pela primeira colocação da tabela, como Luca Marini e Marcel Schrotter, mas isso pouco duraria.
 
Com pouco mais de meia hora para o encerramento das atividades, Sam Lowes tratou de se estabelecer na ponta, ficando ali por grande parte da sessão. Mas o inglês teria que lidar com Remy Gardner e sua volta voadora.
 
O piloto anotou 1min37s530 com menos de dez minutos para o final e caminhava para ser o mais rápido do dia na Holanda. Entretanto, não esperava a última volta voadora de Brand Binder. Com o cronômetro zerado, o piloto fez 1min37s398 e terminou como o mais rápido.
Brad Binder (Foto: Reprodução)
O GP da Holanda de Moto2 está marcado para o domingo, às 7h20 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO.

Paddockast #23
Lágimas em Le Mans



Saiba como foi o segundo treino da Moto2 na Holanda:
 
A classe intermediária foi a última a ir para a pista na sexta-feira ensolarada em Assen. Quando saíram para o segundo treino livre, a temperatura indicada no termômetro era de 23ºC, com o asfalto batendo os 43ºC. 
 
Com o início das atividades, Marini já aparecia na ponta anotando o tempo de 1min38s839. Quem vinha na sequência eram Márquez, Schrotter, Lowes e Brad Binder completando os cinco primeiros.
 
Entretanto, as coisas seguiam mudando no traçado holandês. Quem tratou de pular para a ponta da folha de tempos foi o #22, que cravou a marca de 1min38s211. Schrotter agora era o segundo, com Álex, Martín e Bastianini fechando o top-5.
 
Com 32 minutos para a bandeira quadriculada, o titular da Gresini tratou de baixar ainda mais seu tempo, jogando para 1min38s060. Sua vantagem para o segundo colocado era de 0s213.
 
O inglês não cansava de diminuir seu tempo na primeira posição da tabela. No giro seguinte, voou em Assen para fazer 1min37s798 e, em seguida, foi para os boxes para a primeira parada. Fernández e Márquez apareciam logo depois.
 
Não demorou muito para que os demais pilotos começassem a ir aos boxes também. A ordem dos dez primeiros ficava com Lowes, Fernández, Márquez, Martín, Lüthi, Schrotter, Nagashima, Baldassarri, Brad Binder e Marini.
 
A medida que o tempo passava, Lowes se estabelecia cada vez mais na ponta. Restavam 15 minutos no cronômetro e o inglês anotava 1min37s592, 0s236 mais rápido que o segundo, Lüthi. Fernández era o terceiro colocado.
 
Então, com menos de dez minutos para a bandeira quadriculada, a sessão viu um novo líder tomar conta da tabela. Gardner tratou de anotar 1min37s530 para pular para o primeiro posto. Lowes e Marini fechavam o top-3.
 
Com três minutos para o encerramento das atividades do dia, a ordem era Gardner, Lowes, Schrotter, Marini, Baldassarri, Lüthi, Martín, Chantra, Fernández e Nagashima vindo para completar o top-10.

Com o cronometro zerado, então, quem tratou de se catapultar para a primeira colocação foi Brad Binder. Com o tempo de 1min37s398, o piloto bateu o tempo de Remy para fechar o dia como o mais rápido.
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.