Buscando explicação para acidente fatal, chefe da MotoGP vê Salom em “linha estranha” e diz: “Alguma coisa aconteceu”

Diretor-executivo da Dorna, a promotora do Mundial de Motovelocidade, Carmelo Ezpeleta afirmou que o certame ainda não sabe precisar as causas do acidente fatal de Luis Salom. Dirigente defendeu a opção pelo layout da F1 por entender que a situação pode se repetir

Um dia após a morte de Luis Salom, o Mundial de Motovelocidade ainda não tem explicação sobre as causas do acidente. Em uma coletiva de imprensa realizada neste sábado (4), Carmelo Ezpeleta, diretor-executivo da Dorna, a promotora do certame, afirmou que uma investigação está em curso para identificar as causas da queda do espanhol.
 
O piloto de 24 anos sofreu uma queda na curva 12 de Montmeló na segunda sessão de treinos livres da Moto2. Salom percorreu toda a área de escape e colidiu contra a Kalex, que acabou sendo lançada de volta para cima do piloto ao impactar no air-fence.
Ezpeleta afirmou que ainda não sabe qual foi a causa do acidente de Salom (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Por conta do acidente, o Mundial decidiu abandonar o traçado habitual de Montmeló e vai realizar a etapa deste fim de semana com o layout da F1, que é mais lento e com características de segurança diferentes.

 
Falando a imprensa no fim da manhã na Catalunha, Ezpeleta declarou que ainda não há uma explicação para o que aconteceu com Salom, mas frisou que o piloto da Stop & Go não estava no traçado normal no momento do acidente.
 
“É importante dizer que hoje nós não temos explicação para o acidente”, disse Carmelo. “Ele estava fora da linha, a posição onde Luis caiu da moto está completamente fora da linha”, reforçou.
 
“Alguma coisa aconteceu e nós estamos estudando isso com as imagens, a telemetria”, contou. “Hoje nós não temos uma explicação”, continuou.
Ainda, Ezpeleta contou que esteve no local do acidente e afirmou que é possível ver claramente que Luis não estava em posição para fazer a curva seguinte.
 
“Nós não sabemos. Honestamente, nós não sabemos. A linha é estranha”, comentou. “Eu estive no lugar do impacto da moto e Luis colidiu com o air-fence e essa linha — você pode ver a linha, porque a marca dos pneus está lá — está absolutamente fora para alguém que vai fazer a curva. Alguma coisa aconteceu. Ele não estava na linha para fazer a curva”, explicou.
Luis Salom é atendido na pista de Barcelona após forte acidente no TL2 da Moto2 (Foto: Reprodução/Twitter)
Ainda de acordo com o comandante da Dorna, o chefe da SAG explicou que Salom vinha baixando o ritmo, o que é mais um indício de que alguma coisa incomum aconteceu.
 
Mesmo sem uma explicação, Ezpeleta defendeu a mudança no layout da pista e revelou que, em nenhum momento, os pilotos consideraram a possibilidade de cancelar o GP da Catalunha. 
 
“Ele não estava forçando muito. Edu Perales nos disse que ele estava pior e pior a cada parcial antes do acidente. Alguma coisa aconteceu. Nós não sabemos exatamente e é por isso que queremos estudar”, ponderou. “Acontece que, mesmo que seja uma coisa estranha que não podemos explicar, se aconteceu uma vez, pode acontecer de novo. E foi por isso que tomamos a decisão [de mudar o layout]”, justificou. 
PADDOCK GP #31 DEBATE F1, INDY E NASCAR

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube