Campeão do mundo em 2006, Hayden vai ser 22º piloto a ser eternizado no Hall da Fama da MotoGP

Nicky Hayden, que deixa a MotoGP este ano para defender a Honda no Mundial de Superbike a partir de 2016, vai integrar o seleto grupo de pilotos eternizados no Hall da Fama da MotoGP

Nicky Hayden vai se retirar da MotoGP ao fim da temporada 2015, mas deixará para sempre seu nome gravado na história da categoria. Nesta sexta-feira (17), a Dorna informou que o campeão mundial de 2006 será incluído no seleto grupo de pilotos do Hall da Fama, hoje com 21 nomes. A cerimônia será realizada durante a última etapa do campeonato,  marcada para 8 de novembro, em Valência, na Espanha.

O americano será o sexto representante do país a integrar a lista, ao lado de Eddie Lawson, Wayne Rainey, Kenny Roberts, Kevin Schwantz e Freddie Spencer. Recentemente,  o ainda representante da Aspar anunciou que trocará a MotoGP pelo Mundial de Superbike em 2016, defendendo as cores da Honda. 
Nicky Hayden seguirá representando a Honda nas pistas (Foto: Aspar)

Em sua trajetória, o #69 soma três vitórias na principal categoria do Mundial de Motovelocidade, 28 pódios, cinco poles e sete registros de volta mais rápida em corrida. No total, são 216 largadas. O piloto também ficará marcado por quebrar a sequência de cinco títulos mundiais de Valentino Rossi, entre 2001 e 2005. 


Hoje, as Lendas da MotoGP são Giacomo Agostini, Mick Doohan, Geoff Duke, Wayne Gardner, Mike Hailwood, Daijiro Kato, Eddie Lawson, Anton Mang, Angel Nieto, Wayne Rainey, Phil Read, Jim Redman, Kenny Roberts, Jarno Saarinen, Kevin Schwantz, Barry Sheene, Marco Simoncelli, Freddie Spencer, Casey Stoner, John Surtees e Carlo Ubbiali.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube