Canet sobra e crava pole da Moto3 em Aragão. Dalla Porta larga em 12º

Arón Canet voou na tarde deste sábado (21) no MotorLand e conquistou a pole-position para o GP de Aragão com 0s701 de frente para Ai Ogura. O wild-card Carlos Tatay vai fechar a primeira fila, com Lorenzo Dalla Porta saindo apenas em 12º

Arón Canet sobrou na tarde deste sábado (21). Com uma volta voadora, o #44 tomou a pole provisória ainda em meados do Q2, mas impôs uma margem tão grande que não deu lá muitas chances à concorrência e garantiu o lugar de honra no grid da Moto3 pela primeira vez desde o GP do Catar, abertura da temporada.
 
Com 1min58s197 na segunda das apenas quatro voltas que deu no Q2, Canet assegurou a pole com 0s701 de frente para Ai Ogura, que furou um domínio da KTM para conquistar o segundo posto já com o cronômetro zerado. 
Aron Canet (Foto: Reprodução)
Wild-card em Aragão, Carlos Tatay brilhou neste sábado. Depois de passar pelop Q1, o #99 cravou 1min58s983 e garantiu o terceiro posto no grid, à frente de Jakub Kornfeil e Celestino Vietti. Alonso López fecha a segunda fila do grid.
 
1s004 mais lento que o tempo da pole, Tony Arbolino ficou com o sétimo posto, seguido por Tatsuki Suzuki, John McPhee e Ayumu Sasaki.
 
Líder do Mundial, Lorenzo Dalla Porta anotou 1min59s449 na melhor de suas 5 voltas e assegurou a 12ª colocação, 1s252 mais lento que o rival pelo título.
 

O GP de Aragão de Moto3 está marcado para o domingo, às 6h20 (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #33
10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Foggia, Canet, Tatay e Vietti avançam ao Q2
 
Com o sol brilhando no céu de Teruel, o Q1 começou com pista seca, com os termômetros marcando 25°C e o asfalto chegando a 33°C. 
 
Com 2min00s393, Julian García começou a sessão na ponta, 0s074 à frente de Dennis Foggia. Carlos Tatay e Davide Pizzoli aprecendo provisoriamente como os aprovados para o Q2.
 
Na sequência, Canet anotou 1min58s898 e assumiu o comando do Q1, 0s936 à frente de Foggia. Makar Yurchenko avançou para o terceiro posto, com Tatay aparecendo em quarto. Dono da quinta marca, Garcia estava 0s192 atrás da linha de corte do Q2.
 
Depois de uma passagem pelos boxes, Foggia voltou para cravar 1min58s800 e assumir a liderança do Q1, 0s098 melhor que Canet. Tatay subiu para o terceiro posto, com Vietti aparecendo para fechar o top-4.
 
Com a bandeira quadriculada tremulando no MotorLand, Foggia, Canet, Tatay e Vietti avançaram para o Q2, enquanto Stefano Nepa ficou com o 19º posto no grid, à frente de Marcos Ramírez, Raúl Fernández e Makar Yurchenko. 
 
Canet crava pole e divide primeira fila com Ogura e Tatay
 
Aprovados no Q1, Foggia, Canet, Tatay e Vietti se juntaram aos 14 mais rápidos do fim de semana na briga pela pole. Assim como na primeira fase da classificação, a pista estava seca, com o sol brilhando entre nuvens.
 
Tão logo o cronômetro passou a contar os 15 minutos decisivos, López e Tatay entraram na pista sem perder tempo, com o piloto da Estrella Galicia 0,0 sendo o primeiro a assumir o topo da tabela.
 
Em sua segunda volta, o #21 foi a 2min00s067 e manteve a ponta, com Vietti assumindo o segundo posto, 0s176 mais lento. Tatay, Riccardo Rossi e Jakub Kornfeil era os únicos com tempo quando o relógio marcava apenas mais 7 minutos para o fim da sessão. 
 
McPhee, então, surgiu com 1min59s421 para se instalar no topo da tabela, 0s106 melhor do que Suzuki. Kornfeil vinha agora em terceiro, à frente de Migno.
 
Canet, então, cravou 1min58s197 e assumiu a pole provisória, 1s004 melhor que Arbolino, o segundo colocado. McPhee caiu para terceiro. A volta do #44 já era a mais rápida do fim de semana. 
 
Com um tempo bastante bom, o piloto da Max se arriscou e, com 1min40s para a bandeirada, desceu pelo pit-lane antes de voltar para a pista. Arón queria evitar de fornecer vácuo para os rivais, mas acabou sem tempo de fazer mais uma volta.
 
Com o cronômetro zerado, Vietti saltou para a segunda colocação, reduzindo para 0s924 a vantagem de Canet. Arbolino vinha em seguida, à frente de McPhee.
 
No respiro final, Ogura saltou para o segundo posto, com o wild-card Tatay assegurando a última vaga na primeira fila.
 

Moto3 2019, GP de Aragão, MotorLand, Grid de largada:

1 A CANET MAX KTM 1:58.197  
2 A OGURA Asia Honda 1:58.898 +0.701
3 C TATAY Avintia KTM 1:58.983 +0.786
4 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:59.092 +0.895
5 C VIETTI VR46 KTM 1:59.121 +0.924
6 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:59.194 +0.997
7 T ARBOLINO Snipers Honda 1:59.201 +1.004
8 T SUZUKI SIC58 Honda 1:59.204 +1.007
9 J MCPHEE SIC HONDA 1:59.212 +1.015
10 A SASAKI SIC HONDA 1:59.336 +1.139
11 D FOGGIA VR46 KTM 1:59.407 +1.210
12 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:59.449 +1.252
13 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:59.662 +1.465
14 G RODRIGO Gresini Honda 1:59.769 +1.572
15 J MASIÀ Worldwide KTM 1:59.826 +1.629
16 F SALAC Prüstel KTM 1:59.919 +1.722
17 A MIGNO Worldwide KTM 2:00.016 +1.819
18 R ROSSI Gresini Honda 2:00.604 +2.407
19 S NEPA CIP KTM 1:59.486 +1.289
20 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:59.602 +1.405
21 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:59.876 +1.679
22 M YURCHENKO RBA KTM 1:59.897 +1.700
23 D PIZZOLI SIC58 Honda 1:59.951 +1.754
24 G RIU Baiko KTM 2:00.069 +1.872
25 J GARCÍA Snipers Honda 2:00.257 +2.060
26 D ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 2:00.466 +2.269
27 D BINDER CIP KTM 2:00.655 +2.458
28 K MASAKI RBA KTM 2:00.832 +2.635
29 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda 2:01.575 +3.378
30 T BOOTH-AMOS CIP KTM 2:01.593 +3.396
31 K TOBA Asia Honda    
         
REC F DI GIANNANTONIO Gresini Honda 1:58.347 154.4 km/h
MV J MARTÍN Gresini Honda 1:57.066 156.1 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 27ºC | pista: 36ºC

Previsão do tempo para Aragão
GP de Aragão Aragão
!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar