Certo de que vai poder brigar pela vitória no circuito de Motegi, Lorenzo destaca força dos rivais

Jorge Lorenzo acredita que poderá voltar a brigar pela vitória neste domingo (14) em Motegi. Espanhol destacou a força dos rivais neste ponto da temporada

 

Jorge Lorenzo desembarca em Motegi com 33 pontos de vantagem na liderança do Mundial, mas ciente de que seus rivais farão todo o possível para reduzir a diferença e levar a briga pelo título para a prova em Valência. Às vésperas do GP do Japão, o piloto da Yamaha destacou a força dos rivais, mas lembrou que começa a fase asiática do calendário em ótima forma.
Lorenzo conta com histórico positivo em Motegi para lutar pela vitória (Foto: Yamaha)
“Começamos o nosso tour asiático na liderança do campeonato e em boa forma após a corrida de Aragón”, falou. “Com certeza será difícil, porque nossos competidores neste momento da temporada são muito fortes, mas temos de jogar as nossas cartas da melhor forma possível”, continuou. 
 
O companheiro do Ben Spies conta com um retrospecto positivo em Motegi e acredita que poderá lutar pela vitória na casa da Yamaha.
 
“Motegi é uma pista que eu gosto, venci aqui em 2009 e acho que podemos lutar pela vitória outra vez neste fim de semana”, encerrou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube