Chefe vê Honda bem preparada para temporada 2018, mas rejeita rótulos: “Favoritos, não. Candidatos, sim”

Novo chefe da Honda, Alberto Puig descartou o rótulo de favoritos, mas considerou que a marca da asa dourada é sim candidata ao título da MotoGP em 2018. A RC213V mostrou um bom ritmo na pré-temporada sob o comando de Marc Márquez, Dani Pedrosa e Cal Crutchlow

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Novo chefe da Honda, Alberto Puig negou que a marca da asa dourada seja a favorita ao título da MotoGP em 2018. Com Marc Márquez, Dani Pedrosa e Cal Crutchlow, a RC213V mostrou boa forma nos primeiros testes coletivos da pré-temporada.
 
Falando à imprensa durante a apresentação da nova moto da Honda em Jacarta, na Indonésia, Puig afirmou que não vê a fábrica nipônica superior às rivais, mas sabe que os engenheiros do time trabalharam duro para afiar o protótipo.
Alberto Puig rejeitou o rótulo de favorita ao título para a Honda (Foto: Repsol)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Eu nunca diria que somos superiores ao resto”, disse Puig. “Nossos rivais são muito fortes: Yamaha, Ducati, Suzuki, KTM. Todos são muito fortes”, reconheceu.
 
“É verdade que durante o inverno nós preparamos muito bem as coisas, o departamento de desenvolvimento no Japão trabalhou muito forte e tratou de resolver os problemas que existiam, porque existiram problemas com as motos nos últimos anos”, reconheceu.
 
Ainda, Puig considerou que a Honda vai chegar ao GP do Catar com uma moto forte, mas rejeitou o rótulo de favorita.
 
“No Catar, vamos nos apresentar com uma moto que acreditamos que pode levar nossos pilotos a vencerem corridas. Nós temos a sorte de contar com uma dupla de pilotos que briga por corridas em todas as situações e que vai brigar”, opinou. “Favoritos, não. Candidatos, sim”, sentenciou.

#GALERIA(8290)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube