Dalla Porta escapa ileso de susto e comanda primeiro treino da Moto3 no Japão

Lorenzo Dalla Porta levou um susto nos segundos finais do primeiro treino livre em Motegi, mas garantiu o topo da folha de tempos ao cravar 1min57s240 na melhor de suas 15 voltas. 0s124 mais lento, Arón Canet ficou com o segundo posto, com Marcos Ramírez fechando o top-3

Lorenzo Dalla Porta teve uma manhã e tanto nesta sexta-feira (18). Além de desfilar um ritmo forte na primeira sessão de treinos da Moto3 em Motegi, o #48 mostrou que conta com uma dose especial de sorte, já que escapou de ser atingido por um rival ao sofrer uma queda no finzinho da sessão.
 
Líder do Mundial, Dalla Porta mostrou um ritmo forte nesta manhã e chegou a abrir mais de 1s de vantagem para a concorrência. Nos minutos finais, Marcos Ramírez foi se aproximando na tabela, mas foi Arón Canet quem chegou mais perto, reduzindo o respiro do italiano para 0s124.
Lorenzo Dalla Porta (Foto: Leopard)
No minuto final, porém, Dalla Porta caiu na curva 5 ao olhar para trás e, por pouco, não foi atingido por Tom Booth-Amos, que vinha logo atrás e sem muito espaço para desviar.
 
Com 1min57s561, Tony Arbolino fez o quarto tempo, à frente de John McPhee. Jaume Masià vem na sequência, seguido por Andrea Migno.
 
Voltando de lesão, Niccolò Antonelli fez 1min58s065 e ficou com o oitavo tempo, à frente de Jakub Kornfeil. Sergio García completa o top-10 nesta atividade matutina.
 

O GP do Japão de Moto3 está marcado para o domingo, às 1h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Saiba como foi o treino livre 1 da Moto3 no Japão:
 
A sexta-feira amanheceu nublada na ilha de Honshü, a maior e mais populosa do Japão. Na hora do primeiro treino da Moto3, os termômetros marcavam 17°C, com o asfalto chegando a só 19°C. A velocidade do vento estava na casa dos 6 km/h.
 
Os primeiros minutos da sessão, porém, não conseguiram atrair muitos pilotos para a pista. Apenas Ayumu Sasaki e Ai Ogura deixaram os boxes assim que o cronômetro foi acionado, mas foram seguidos por um pelotão maior um pouco depois.
 
Com 1min59s806, Andrea Migno começou os trabalhos no topo da tabela. O #16, porém, já sabe que não vai sair na ponta do grid japonês, uma vez que tem uma punição de seis posições por ter causado a queda de um rival na Tailândia.
 
Pouco depois, Jaume Masià foi a 1min59s146 e assumiu a ponta, 0s223 melhor que Albert Arenas, o segundo colocado. Lorenzo Dalla Porta tinha o terceiro posto, seguido por Arón Canet, Tony Arbolino, Alonso López e Migno.
 
Na sequência, Lorenzo Dalla Porta tomou a liderança, mas foi superado quase que imediatamente por um Arbolino 0s200 mais rápido. Masià agora era o terceiro, seguido por Canet, John McPhee e Kaito Toba.
 
O líder do Mundial, então, foi a 1min58s218 para recuperar o topo da tabela, 0s424 melhor que Arbolino. Masià, Ramírez e Tatsuki Suzuki completam um top-5 coberto por 0s708.
Quando os pilotos partiram para a derradeira rodada de pit-stops, Dalla Porta seguia no comando, com Arbolino, Masià, Ramírez, Suzuki, Kornfeil, Migno, Toba, Canet e McPhee formando um top-10 separado por 1s008.
 
De volta à pista, o #48 baixou para 1min57s461, abrindo 1s034 de margem para Sergio García, que saltou para o segundo posto. Arbolino caiu para terceiro. Mais atrás, Can Öncü saltou para sétimo, mas perdeu posições na sequência, com a melhora de McPhee e Makar Yurchenko.
Mesmo com uma margem considerável no topo da folha de tempos, Dalla Porta apertou o passo e, em sua 13ª volta nesta manhã, foi a 1min57s240 para abrir 1s179 de margem para McPhee. Dennis Foggia agora ocupava o terceiro posto.
 
Marcos Ramírez, então, usou sua 14ª volta para cravar 1min57s747 e saltar para o segundo posto, reduzindo para 0s507 a margem do companheiro de Leopard. Masià também melhorou e tinha o terceiro posto, 0s266 atrás do #42. Kornfeil, García, Arenas e Öncü vinham em seguida.
 
Com pouco mais de 1 minuto para o fim da sessão, Ramírez vinha em ritmo de ponta, mas perdeu tempo na parcial final de Motegi e apenas conseguiu reduzir para 0s210 a vantagem de Dalla Porta na ponta. Marcos, entretanto, tinha tempo para mais um giro.
 
Dalla Porta, porém, teve um fim de sessão mais tumultuado. O líder do Mundial caiu na curva 5 ao olhar para trás e, por pouco, não foi atingido por Tom Booth-Amos.
 

Previsão do tempo para Motegi
GP do Japão Motegi

Moto3 2019, GP do Japão, Motegi, treino livre 1:

1 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:57.240  
2 A CANET Max KTM 1:57.364 +0.124
3 T ARBOLINO Snipers Honda 1:57.450 +0.210
4 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:57.561 +0.321
5 J MCPHEE SIC HONDA 1:57.623 +0.383
6 J MASIÁ Mugen KTM 1:57.758 +0.518
7 A MIGNO Worldwide KTM 1:57.952 +0.712
8 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:58.065 +0.825
9 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:58.106 +0.866
10 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda 1:58.128 +0.888
11 T SUZUKI SIC58 Honda 1:58.148 +0.908
12 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:58.153 +0.913
13 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:58.165 +0.925
14 K TOBA Asia Honda 1:58.275 +1.035
15 M YURCHENKO RBA KTM 1:58.402 +1.162
16 D FOGGIA VR46 KTM 1:58.429 +1.189
17 F SALAC Prüstel KTM 1:58.492 +1.252
18 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:58.531 +1.291
19 R YAMANAKA Estrella Galicia 0,0 Honda 1:58.583 +1.343
20 K MASAKI RBA KTM 1:58.602 +1.362
21 D BINDER CIP KTM 1:58.643 +1.403
22 S NEPA Avintia KTM 1:58.695 +1.455
23 G RODRIGO RBA KTM 1:58.724 +1.484
24 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:58.743 +1.503
25 R FENATI Snipers Honda 1:58.915 +1.675
26 A SASAKI PETRONAS Honda 1:58.933 +1.693
27 A OGURA Asia Honda 1:58.945 +1.705
28 C VIETTI VR46 KTM 1:59.658 +2.418
29 R ROSSI Gresini Honda 1:59.705 +2.465
30 T BOOTH-AMOS CIP KTM 2:00.154 +2.790
  S HASEGAWA Anija Club Y's Honda 2:06.840 +9.390

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube