MotoGP

Dalla Porta surpreende no fim e crava pole para GP da Espanha de Moto3 por apenas 0s004. Masià larga em 15º

Lorenzo Dalla Porta apareceu em sua penúltima volta para cravar a pole-position em Jerez de la Frontera com 1min46s011, 0s004 melhor que Tatsuki Suzuki. Celestino Vietti completa a primeira fila

Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro
Resultado de imagem para emoticon relógio Confira os horários do GP da Espanha de MotoGP

Lorenzo Dalla Porta conquistou a pole-position para o GP da Espanha de Moto3 em uma classificação para lá de apertada. O piloto da Leopard conseguiu a posição de honra ao bater Tatsuki Suzuki por apenas 0s004 neste sábado (4).
 
A fase final do treino que definiu o grid de Jerez de la Frontera foi inicialmente dominada pela dupla da SIC58. Pouco antes do pit-stop, porém, Celestino Vietti tomou a ponta, passando Niccolò Antonelli por 0s037.
Lorenzo Dalla Porta ficou com a pole em Jerez (Foto: Leopard)
No retorno à pista, entretanto, foi Dalla Porta quem se destacou ao anotar 1min46s011 e garantir a ponta. Em sua volta final, Suzuki saltou para o segundo posto, com Vietti aparecendo mais 0s180 atrás para fechar a primeira fila.
 
0s221 atrás do pole, Antonelli ficou com o quarto posto, à frente de Dennis Foggia. Gabriel Rodrigo aparece em sexto, com Arón Canet, Marcos Ramírez, Albert Arenas e Romano Fenati fechando o rol dos dez primeiros.
 
Líder do Mundial, Jaume Masià conseguiu passar pelo Q1, mas, com 1min47s401, vai largar apenas em 15º nesta quarta etapa da temporada 2019.
 
Barrado no Q1 por apenas 0s089, Tony Arbolino vai largar em 19º, seguido por Ai Ogura, Alonso López, Kazuki Masaki, Sergio Garcia e Kaito Toba, que sofreu uma queda na curva 1 já nos minutos finais.
 
Wild-card neste fim de semana, Meikon Kawakami caiu na curva 13 em sua última volta, mas escapou de lesões. O #83 fez sua melhor volta em 1min48s467 e vai largar no fundo do pelotão.

Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #16: Devemos amar Senna acima de tudo e todos? E domínio da Mercedes torna F1 chata?

 Ouça no Spotify
 Ouça no iTunes
 Ouça no Android
 Ouça no playerFM

Líder do campeonato, Masiá escapa e avança
 
A primeira parte do treino classificatório da Moto3 começou a ilustre presença do líder do campeonato Jaume Masiá, mas sem facilidade: nas primeiras tentativas de volta, ficou bem longe do necessário quarto posto. Quem liderava desde cedo era Celestino Vietti.
 
Masiá conseguiu subir para o quarto posto na marca de metade do Q1, após sete minutos, mas logo Tony Arbolino tomou a posição e voltou para a zona de classificação. Entre os italianos Vietti e Arbolino, Tatsuki Suzuki e Ai Ogura marcavam posto desde o princípio.
 
Ainda havia tempo para Enzo Pérez e Kaito Toba caírem em sequência nos dois minutos finais - quedas direto para a brita e que encerraram a participação dos dois.
 
A mudança no top-4 só veio definitiva após o relógio zerar: Suzuki pulou para a dianteira, enquanto Vietti caiu para quarto e conseguiu por muito pouco manter o espaço. Masiá subiu para segundo e Andrea Migno foi terceiro. Os quatro seguiram adiante.
 
Meikon Kawakami ainda caiu durante sua última volta. Levantou cheio de gestos como quem reclamava consigo mesmo - e vai largar somente no 31º e último lugar.

Dalla Porta aperta no fim e faz primeira pole
 
Niccolò Antonelli foi o primeiro a marcar volta rápida na fase decisiva do treino. Com menos de dez minutos restando no relógio, o italiano caminhava sozinho. Quem apareceu como companhia foi Vietti, ao pular para 1min46s195. Com cinco minutos para o final, Vietti, Antonelli e Denis Foggia representavam uma tríade italiana na dianteira.
 
Já nos últimos minutos do treino, ainda havia uma série de pilotos que sequer haviam ido para a pista: Masiá, Ayumu Sasaki, Albert Arenas e Raul Fernández formavam o grupo.
 
Arón Canet buscava a volta rápida para entrar na linha de frente quando sofreu um problema na moto e acabou sem potência e travando fora do traçado para não correr algum outro problema. Masiá saiu dos boxes apenas faltando quatro minutos, um enorme risco.
 
O tempo estava se esgotando, mas havia tempo para a busca final pela pole. Lorenzo Dalla Porta apareceu logo depois da quadriculada e cravou 1min46s011 para a ponta com a Leopard. Suzuki foi para o segundo posto, mas Vietti, Antonelli e Foggia conseguiram se segurar nas posições três, quatro e cinco.
 
Gabriel Rodrigo, Canet, Marcos Ramírez, Arenas e Romano Fenati fecharam o top-10. Masiá é apenas o 15º colocado.

Moto3 2019, GP da Espanha, Jerez, Grid de largada:
 
1 L DALLA PORTA Leopard Honda 1:46.011  
2 T SUZUKI SIC58 Honda 1:46.015 +0.004
3 C VIETTI VR46 KTM 1:46.195 +0.184
4 N ANTONELLI SIC58 Honda 1:46.232 +0.221
5 D FOGGIA VR46 KTM 1:46.356 +0.345
6 G RODRIGO RBA KTM 1:46.425 +0.414
7 A CANET MAX KTM 1:46.441 +0.430
8 M RAMÍREZ Leopard Honda 1:46.472 +0.461
9 A ARENAS Ángel Nieto KTM 1:46.498 +0.487
10 R FENATI Snipers Honda 1:46.539 +0.528
11 A SASAKI SIC HONDA 1:46.668 +0.657
12 J KORNFEIL Prüstel KTM 1:46.906 +0.895
13 A MIGNO Worldwide KTM 1:46.980 +0.969
14 J MCPHEE SIC HONDA 1:47.130 +1.119
15 J MASIÀ Worldwide KTM 1:47.401 +1.390
16 S NEPA Fundación Andrea Pérez 77 1:47.410 +1.399
17 R FERNANDEZ Ángel Nieto KTM 1:47.669 +1.658
18 M YURCHENKO RBA KTM 1:47.843 +1.832
19 T ARBOLINO Snipers Honda 1:46.392 +0.381
20 A OGURA Asia Honda 1:46.629 +0.618
21 A LÓPEZ Estrella Galicia 0,0 Honda 1:46.781 +0.770
22 K MASAKI RBA KTM 1:46.991 +0.980
23 S GARCIA Estrella Galicia 0,0 Honda 1:47.065 +1.054
24 K TOBA Asia Honda 1:47.146 +1.135
25 D BINDER CIP KTM 1:47.515 +1.504
26 C ÖNCÜ Red Bull KTM Ajo 1:47.583 +1.572
27 R ROSSI Gresini Honda 1:47.605 +1.594
28 F SALAC Prüstel KTM 1:47.999 +1.988
29 V PEREZ Avintia KTM 1:48.422 +2.411
30 T BOOTH-AMOS CIP KTM 1:48.440 +2.429
31 M KAWAKAMI Fundación Andrea Pérez 77 1:48.467 +2.456
         
REC B BINDER Red Bull KTM Ajo 1:46.723 149.1 km/h
MV G RODRIGO RBA KTM 1:45.745 150.5 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 20ºC | pista: 25ºC


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.