De volta ao pódio, Pedrosa fala em decisão acertada com cirurgia e lembra meses difíceis em que “tudo parecia contra”

Correndo em casa, Dani Pedrosa voltou ao pódio da MotoGP neste domingo com um terceiro lugar em Montmeló. Piloto da Honda lembrou os problemas do início do ano e avaliou que operar o antebraço direito foi a decisão certa

A cobertura completa do GP da Catalunha no GRANDE PRÊMIO

Dani Pedrosa não subia ao pódio da MotoGP desde o GP de Valência no passado, mas encerrou o jejum neste domingo (14) com um terceiro lugar em Barcelona. Largando do sexto posto, o #26 recebeu a bandeirada na terceira colocação, 19s455 atrás de Jorge Lorenzo, que venceu pela quarta vez seguida em 2015.
 
Após a prova, Dani lembrou que teve um início de ano difícil por conta da cirurgia a que teve de ser submetido para tratar a síndrome compartimental, mas avaliou que tomou a decisão certa ao se afastar das pistas para sanar o problema.
Dani Pedrosa voltou ao pódio da MotoGP neste domingo (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
A classificação do Mundial de MotoGP após o GP da Catalunha

 “Estou muito feliz porque foi um processo muito longo, nós tivemos muita dificuldade e sofremos muito nos últimos meses. Tudo parecia contra mim”, lembrou Dani. “Segui meu coração e foi a coisa certa a fazer”, resumiu.

 
“Progredi a cada corrida, mas, finalmente, um bom resultado, o que é ótimo, especialmente na minha prova de casa”, ressaltou.
 
Com a moto da Honda não rendendo tão bem quanto outrora, Pedrosa reconheceu que o time está tendo dificuldades, mas espera encontrar pistas onde a RC213V funcione melhor.
 
“Eu e o time tivemos um pouco de dificuldade com a moto e espero que logo possamos melhorar e pilotar de forma mais consistente, mas o pódio é ótimo para o time”, frisou. “Talvez algumas pistas se adaptem melhor à nossa moto e podemos melhorar nessas situações”, concluiu.

#GALERIA(5351)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube